O futuro do trabalho é em qualquer lugar, a qualquer momento

Carreira

Em um futuro próximo você poderá trabalhar de onde quiser, na hora que quiser. Sim, esse é o futuro do trabalho remoto.

Se sua empresa ainda não aderiu ao modelo de trabalho remoto, talvez esteja na hora de começar a considerar essa possibilidade. Mas calma, não daquele jeito antigo, em que o funcionário era obrigado a montar uma verdadeira estação de trabalho em sua casa. Nada disso. Agora, o futuro do trabalho é em qualquer lugar!

Isso mesmo. O sinônimo de trabalho remoto deixou de ser o simples “trabalhar em casa”. Passou a ser a capacidade de trabalhar não somente onde, mas também quando você quiser. Isso, principalmente, graças ao avanço da tecnologia que permite todo tipo de interação à distância, vinte e quatro horas por dia.

Conexão Wi-fi, arquivamento em nuvem, vídeo conferências, são apenas algumas das inúmeras ferramentas que possibilitaram essa flexibilização do modo de trabalho. Contudo, a melhor maneira de utilizá-las dependerá do tipo de negócio e da cultura inerente à empresa.

O trabalho remoto do futuro

Imagine a chance de ser funcionário de uma empresa americana sem sair do Brasil, ou quem sabe trabalhar um dia ou outro à beira da piscina (ou ao menos poder dar um mergulho na hora do almoço)? Pois o trabalho remoto permite tudo isso atualmente.

Seja total ou parcialmente remoto, esse modelo de trabalho tem se flexibilizado cada vez mais. À medida que as empresas e líderes percebem que esse modelo é cada vez mais bem aceito, especialmente pelas novas gerações. Esses trabalhadores, que já nasceram ligados à tecnologia, veem nas empresas que oferecem o trabalho remoto um grande diferencial, pois lhe oferecem o melhor dos mundos. Ou seja, trabalhar e passear ao mesmo tempo.

Não é à toa que, apesar de estar sendo adotado por muitas empresas, o trabalho remoto é quase obrigatório nas startups. Justamente por ter em seu quadro de funcionários um grande número de jovens. Essas pessoas que têm grande facilidade de adaptação e que vemos trabalhando em coworkings e cafés pelas cidades.

Benefícios do trabalho remoto do futuro

Para quem está acostumado com o modelo de trabalho tradicional, cinco vezes por semana no mesmo local de trabalho, pensar em trabalhar cada dia em um lugar pode parecer estranho. Mas pesquisas já apontam muito benefícios para quem leva essa rotina. Confira algumas delas.

Maior produtividade

Acredite, profissionais que trabalham remotamente tendem a serem mais produtivos. Isso se deve ao fato de terem menos interrupções durante o dia, as reuniões são mais curtas e eficientes (por serem a distância), além da economia de tempo com deslocamento, entre outras coisas.

Melhor saúde

Escolher o local de trabalho pode levar a uma saúde melhor, permitindo se alimentar de maneira mais saudável e ter mais tempo para atividades físicas. Além disso, esse modelo de trabalho pode auxiliar, inclusive, na saúde mental dos funcionários.

trabalho em qualquer lugar

Maior equilíbrio entre vida pessoal e profissional

O futuro do trabalho é em qualquer lugar e a qualquer hora. Isso significa que, a depender do modelo do negócio, não é necessário que fique engessado nas 8 horas de trabalho seguidas. É possível se organizar para ir à academia no meio do dia, por exemplo, ou pegar as crianças na escola. Mais tempo para a vida pessoal.

Economia

O trabalho remoto propicia para a empresa economia de forma direta e indiretamente. Direta na diminuição dos gastos tangíveis como energia elétrica, posição de trabalho e transporte do funcionário. Indiretamente no sentido de ter colaboradores mais satisfeitos, felizes, saudáveis que, consequentemente, serão mais produtivos e terão um menor absenteísmo e baixo turn over.

O futuro do trabalho na sua empresa

Já falamos dos benefícios que o trabalho remoto pode oferecer, tanto aos funcionários, quanto às empresas. Mas como saber se esse modelo de trabalho seria ideal para o seu negócio?

Para descobrir, faça uma pequena avaliação, levando em consideração os pontos a seguir.

Cultura da empresa

Incluir o trabalho remoto em uma empresa que sempre trabalhou do modo tradicional requer uma revisão cultural. Isso, porque é preciso que se crie uma “cultura remota saudável” que inclua:

  • ter uma rotina e uma sincronização bem definida entre os funcionários e as equipes. Ou seja, todos devem saber o que esperam deles;
  • devem existir reuniões/encontros presenciais esporádicos;
  • a empresa deve ter um espaço para os funcionários promoverem conexões entre si remotamente;
  • o funcionário deve ter possibilidades de crescimento profissional da mesma forma que teria se estivesse alocado fisicamente.

Liderança

Ser um chefe remoto requer habilidade um pouco diferentes de um chefe presencial. Isso, porque o foco já não é mais ficar de olho nos horários de entrada e saída ou se estão trabalhando ou não. Aqui, a entrega é mais importante.

Além disso, é preciso que o líder domine a tecnologia necessária para o cargo e saiba utilizá-la não apenas para comunicação, mas para criar relacionamentos. É importante saber quando deverá enviar um e-mail para seu funcionário ou quando uma ligação terá um melhor resultado, por exemplo.

É importante saber dosar as comunicações para que o funcionário não se sinta excluído da organização. Contudo, um chefe ansioso pode também causar estresse em um funcionário remoto com constantes interrupções.

trabalho em qualquer lugar

Foco nos resultados

Não adianta ter os melhores líderes se não tiver uma equipe engajada em quem possa confiar. A partir do momento em que conseguir montar uma equipe de pessoas que sejam responsáveis por seus próprios resultados, sua empresa estará pronta para entrar no fantástico mundo do trabalho remoto.

O importante não é mais por quanto tempo você faz o trabalho, mas sim o resultado deste trabalho. É preciso dar autonomia e ter confiança nas decisões da equipe.

Quando falamos que o futuro do trabalho é em qualquer lugar, queremos dizer também que o trabalho remoto pode ser adotado por qualquer tipo de empresa. Basta que esteja disposta em investir em tecnologia, na contratação de uma equipe de confiança e uma liderança focada em resultados e com algumas habilidades específicas.

Agora, para que seu negócio não fique para trás, não deixe de conferir esse artigo sobre o futuro do trabalho na prática e saiba o que é e como se preparar!

Samantha Panzinié formada em Turismo e pós-graduada em Administração. Apaixona por Marketing Digital, ela atua como freelancer na área de Produção Conteúdo.

Facebook Comments
Previous
5 mitos sobre os nômades digitais que precisam ser falados