Se você nunca fez isso antes, veja como trabalhar em home office

Trabalho remoto

Aprender como trabalhar em home office se tornou uma prioridade para muitos profissionais nesse momento. Se você é um deles, confira as dicas do BeerOrCoffee, uma empresa 100% remota desde o primeiro dia.

Com a pandemia de coronavírus (Covid-19) e a recomendação de isolamento social muitos profissionais que nunca haviam experimentado o trabalho remoto agora estão tendo que adaptar suas rotinas. Mas se você nunca fez isso antes, pode ser um desafio entender como trabalhar em home office de maneira tão repentina.

Felizmente, com algumas pequenas alterações e rituais em casa é possível manter a produtividade e conforto. Além disso, também dá pra melhorar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional e, ainda, adquirir novas habilidades relacionadas aos desafios do escritório virtual.

Neste post traremos dicas práticas e muito fáceis de aplicar no seu dia a dia, a fim de que a transição para o trabalho em casa seja mais tranquila do que você imaginava. Continue lendo e entenda como trabalhar em home office da melhor maneira possível!

Tenha um escritório em casa

É muito difícil focar quando você fica migrando da cama para o sofá, do sofá para a cozinha, da cozinha para a mesa de jantar e daí por diante. Para que você consiga manter sua produtividade trabalhando em casa é preciso ter um espaço confortável em que você possa montar uma pequena estrutura de escritório.

Não é necessário separar um cômodo exclusivamente para isso — até porque nem todos têm um quarto sobrando para transformar em escritório. Na maioria das vezes você terá que adaptar uma mesa de jantar, uma penteadeira ou outra bancada para que ela se transforme na sua escrivaninha.

Nesses casos, separe um espaço para seu computador e demais itens pessoais, delimitando sua área de trabalho. Assim, sempre que você estiver ali, saberá que é o momento de concentrar nas tarefas do dia, o que evita que se distraia com outras atividades não relacionadas ao profissional.

Prepare-se como se fosse sair

Por mais que seja tentador ficar de pijama o dia inteiro, essa é uma prática nada recomendável para dias de home office. Colocar uma roupa com a qual você sairia de casa é uma boa estratégia para te dar aquele ânimo a mais — que sabemos que nem sempre temos de manhã, não é mesmo? Além disso, você já fica preparado caso precise fazer uma reunião de vídeo em algum momento.

Por mais que pareça bobagem, o pijama ou moletom nos dão a sensação de estarmos de folga e até mesmo doentes, enquanto uma roupa mais arrumada traz a sensação contrária. Claro que você pode escolher itens mais confortáveis, que talvez não usaria no escritório convencional. Mas tente se produzir pelo menos um pouco. Isso também ajuda a dar um boost na autoestima, importante para a saúde mental em tempos de isolamento.

como trabalhar em home office

Conheça as melhores ferramentas para seu trabalho

Um dos grandes desafios para quem precisa aprender a trabalhar em home office é entender quais são as melhores ferramentas e aplicativos. Afinal, existem inúmeras opções no mercado. E só porque um programa é bom, não quer dizer que ele seja o ideal para as tarefas que você precisa realizar. Por isso, entenda suas opções e escolha de acordo com as necessidades.

Abaixo, separamos alguns dos apps mais versáteis e completos, que utilizamos no BeerOrCoffee e recomendamos:

  • Slack: escritório virtual para sua empresa. Envio de mensagens individuais e em grupos, suporta arquivos pesados como vídeos, PDF e imagens em alta qualidade. Possui integração com inúmeros aplicativos, como GSuite e Zoom;
  • Clockwise: aplicativo que organiza sua agenda e da sua equipe. De acordo com a disponibilidade de cada um, otimiza o tempo de foco e as reuniões do dia;
  • Zoom: para chamadas de vídeo com duas ou mais pessoas. Suporta compartilhamento de tela e som do computador, além de comportar até 100 participantes no plano gratuito;
  • Tandem: programa para chamadas de voz. Separado por salas, permite que equipes tenham conversas rápidas e resolvam problemas urgentes;
  • Notion: plataforma de planejamento e organização. É aonde você pode colocar tudo que precisa ser feito, o que está em andamento e aquilo que já foi executado;
  • Loom: programa de gravação de tela. Precisa explicar uma tarefa para um colega? Utilize o Loom para gravar sua tela, voz e câmera sem precisar marcar uma ligação. O arquivo fica disponível para todos que tiverem o link;
  • GSuite: armazenamento na nuvem. Além do Gmail, ferramenta essencial para armazenamento de arquivos — Google Drive, Documentos, Planilhas etc.

Mantenha sua rotina como antes, na medida do possível

Se você trabalha em escritório provavelmente tem uma rotina de horários — para acordar, se exercitar, se alimentar, e por aí vai. Estando em casa, esses horários ficam mais flexíveis. Mas tente manter, pelo menos, alguns hábitos rotineiros.

É importante cuidar da saúde (física e mental), além de dar atenção aos amigos e familiares. Como sabemos, esses fatores influenciam diretamente na produtividade e satisfação no trabalho, mas também são essenciais para o equilíbrio a longo prazo.

como trabalhar em home office

E por falar em equilíbrio, lembre-se de não trabalhar demais. Desligue o computador, desconecte-se do e-mail corporativo e dê-se como satisfeito quando souber que tiver feito o seu melhor naquele dia. Trabalhando em casa muitas pessoas tendem a “responder só mais uma mensagem” ou “fazer só mais uma tarefa” e, quando se dão conta, estão trabalhando muito mais do que deveriam.

Permita-se sentir a diferença

Neste momento aprender como trabalhar em home office não é uma opção, mas uma necessidade. E ficar dentro de casa, para muitos, pode ser frustrante e cansativo. Saiba que é normal sentir-se assim — e tudo bem, estamos todos no mesmo barco. Converse com seus colegas, gestores, amigos e familiares. Encontre maneiras de se distrair, mas também não se sinta culpado por não ser tão produtivo em determinados dias.

Se você gostou dessas dicas e quer se aprofundar ainda mais sobre o assunto, confira o e-book que preparamos com informações ainda mais completas para você aplicar o trabalho remoto em home office. Para acessar o material, clique aqui.

5 estratégias eficazes para lidar com o estresse no local de trabalho

Carreira

O estresse no local de trabalho é uma realidade de muitos profissionais. O problema atinge as pessoas que têm um emprego fixo e aquelas que atuam como freelancer e/ou de forma autônoma.

Em ambos os cenários é possível (e altamente recomendado) tomar providências que ajudem a minimizar a questão. Neste artigo, listaremos 5 estratégias muito eficazes para melhorar a sua qualidade de vida e diminuir o estresse no local de trabalho. E o melhor é que qualquer tipo de profissional pode utilizar. Confira!

1. Separe sua vida pessoal da sua vida profissional

Se você não é freelancer e está pensando em pular este tópico, recomendamos que fique. Em cada pessoa habitam diferentes versões de si mesmo. Existe o profissional, o pai ou mãe, o irmão ou irmã, o filho ou filha, o amigo ou amiga e inúmeras outras. Cada uma deve ter seu espaço, caso contrário tudo vira uma grande bagunça que gera o estresse.

Temos três dicas para evitar que todos esses papéis se misturem em sua vida.

Evite levar trabalho para casa

No cotidiano corrido dos dias atuais e diante de todas as facilidades de acesso que a tecnologia nos permite, a tentação de sair do escritório mais cedo para terminar o trabalho em casa pode ser muito grande.

O problema é que, em casa, existem diversas outras distrações que afetam a sua produtividade. Como consequência, as tarefas não evoluem e geram uma certa frustração, minando o objetivo inicial que era de aliviar a tensão.

Resolva assuntos profissionais em seu horário de trabalho

Essa dica vale para quem trabalha para uma empresa ou por conta própria. O horário comercial existe por um bom motivo: ajudar as pessoas a separarem um tempo específico do dia para as atividades profissionais.

Quando resolvemos assuntos de trabalho fora dos horários estipulados, estamos roubando nosso tempo reservado para nós mesmos. É como se não parássemos de trabalhar nunca e isso aumenta a sensação de cansaço mental.

Tenha um espaço de trabalho separado em casa

Se você atua como freelancer em sua casa, essa estratégia já deve fazer parte da sua rotina, mas não custa nada lembrar que trabalhar na cama é improdutivo. Para quem precisa levar trabalho para casa às vezes ou faz home office alguns dias da semana, é importante ter um espaço separado para evitar cair nos mesmos problemas citados na primeira dica, que aumentam o estresse no local de trabalho.

estresse no local de trabalho

2. Reserve um horário em sua agenda para você

Quantas vezes ao longo deste ano você deixou de fazer algo porque estava trabalhando? O trabalho já tem um horário reservado em seu dia, o restante precisa ser dedicado à sua saúde e bem-estar. Tenha em mente que a pessoa mais importante da sua vida é você mesmo.

Cada um se adéqua a uma tática diferenciada, mas algumas atitudes podem ajudar de uma forma geral:

  • Escolha uma atividade prazerosa para se tornar um hobbie;
  • Estabeleça uma rotina de encontros com familiares e amigos;
  • Pratique meditação, mindfulness ou similares;
  • Pratique atividades físicas;
  • Tenha uma alimentação saudável.

3. Aumente seu círculo de contatos

Se o seu círculo de pessoas é restrito, os assuntos e perspectivas serão sempre os mesmos. Einstein já dizia que “insanidade é continuar fazendo a mesma coisa e esperar resultados diferentes”.

Novas pessoas trazem novas vivências, novos olhares e novas informações e histórias para a sua vida. É uma excelente forma de aprimorar seus conhecimentos, descobrir novas soluções e crescer como profissional.

As melhores estratégias para fazer um bom networking são:

  • Participe de happy hours;
  • Interaja com colegas de outras equipes;
  • Frequente eventos gratuitos em outras empresas;
  • Invista em eventos de referência da sua área de atuação;
  • Trabalhe de escritórios compartilhados;
  • Permita-se discutir assuntos diferentes do seu cotidiano.

4. Mantenha suas finanças sob controle

Pode até parecer que não, mas a saúde financeira é um dos fatores mais relevantes para o controle do estresse no local de trabalho. Isso porque a preocupação com o pagamento de contas em atraso e falta de dinheiro para algo importante afeta o humor das pessoas.

Sem mencionar o fato de que a tendência é que o profissional trabalhe por mais horas para gerar um “extra”. O que consome o tempo que seria gasto em atividades pessoais, que funcionam como uma válvula de escape para os momentos de tensão.

O controle financeiro pode ser alcançado se você seguir as duas premissas fundamentais que explicamos abaixo.

Planeje seus gastos

O planejamento é a base de uma vida financeira mais tranquila. Ele permite que você visualize melhor a aquisição de bens e a realização de sonhos e todo o caminho necessário percorrer para chegar até eles.

Quem se planeja paga mais barato por tudo, já que não vai gastar com juros de parcelamentos. Além disso, ainda é possível conseguir descontos em pagamentos à vista que, na soma final, fazem toda diferença.

Um ponto de atenção muito importante é seguir o plano à risca e ter um montante separado para gastar à vontade. Assim, você evita que algumas compras por impulso acabem tirando o seu controle.

Mantenha uma reserva de emergência

O primeiro quesito do seu planejamento financeiro é a criação de uma reserva de emergência. E não pense que isso é válido apenas para quem não tem a carteira assinada. Afinal, os benefícios trabalhistas não duram para sempre após uma rescisão.

O valor da reserva deve ser suficiente para sustentar seus custos por um período mínimo de 6 meses. Se algo acontecer e você fique sem nenhuma fonte de renda, você terá um prazo para se restabelecer com mais tranquilidade e conforto.

5. Deixe o seu local de trabalho mais amigável

O ambiente de trabalho também exerce uma forte influência na saúde mental das pessoas. Não apenas em relação ao clima organizacional como também à decoração do local.

Escritórios mais despojados, com elementos que ajudem a aguçar a criatividade são mais motivadores. Os espaços de coworking levam vantagem nesse sentido, já que são criados com esse objetivo.

Uma ótima estratégia é colocar alguns objetos que refletem a sua personalidade no seu espaço. Podem ser fotos de amigos e familiares, adesivos, itens de decoração, entre outros. O mais importante é que eles tragam um sentimento positivo e ajudem a deixar o ambiente mais amigável.

O estresse no local de trabalho é um problema sério, mas que pode ser evitado e contornado. Seguindo as dicas que demos neste artigo, a sua rotina passará a ser mais leve e saudável para a sua mente e corpo. Adote novas práticas e foque na pessoa que mais importa na sua vida: você!

Gostou das dicas? Temos mais uma para ajudar você a se tornar um profissional cada dia melhor. Saiba tudo o que um coworking tem a oferecer de benefícios para você e sua empresa neste e-book!

Natália Fernandes é analista de conteúdo e co-fundadora da Começando na Web.