VIDA DE COWORKING

Tudo sobre espaços de trabalho como nova forma de vida

sentio hero

Entenda por que o trabalho remoto aumenta a produtividade dos colaboradores

Trabalho remoto

O trabalho remoto aumenta a produtividade dos colaboradores, que passam a ter mais qualidade de vida e rotinas equilibradas. Isso é possível graças a um modelo conhecido como AnywhereOffice.

Nos primeiros meses de 2020, a pandemia da Covid-19 fez com que as empresas tivessem que se reinventar para continuar operando. O home office foi adotado por muitas companhias e, como consequência disso, muitos gestores compreenderam que o trabalho remoto aumenta a produtividade dos colaboradores.

A partir desse contexto, é interessante que você saiba que o trabalho remoto não é sinônimo para home office. Ele está muito mais voltado para a ideia de AnywhereOffice, que prega que as atividades profissionais podem ser exercidas em qualquer local.

É essa a tendência para os próximos anos. A novidade começa a ganhar força no Brasil, tendo em vista que grande parte das cidades e estados já começam a adotar políticas de flexibilização e reabertura das empresas, de forma gradual.

Mas, afinal, qual a razão que faz com que o trabalho remoto aumente a produtividade dos colaboradores? Continue lendo e entenda o porquê agora mesmo!

Veja como o trabalho remoto aumenta a produtividade

O trabalho remoto aumenta a produtividade dos colaboradores. Essa é uma afirmação que tem sido feita por muitos gestores de equipes, após migrarem para esse formato. Prova disso é uma pesquisa publicada na revista Forbes, que analisou as rotinas de funcionários de uma empresa com sede na Califórnia.

Segundo o estudo, os trabalhadores da companhia aumentaram a sua produtividade em 47%, depois que começaram a exercer as suas funções remotamente. Esse número é muito significativo. 

Observe, a seguir,  alguns fatos que garantem esse crescimento nas organizações.

Aumento da qualidade de vida

Ainda de acordo com a pesquisa publicada na Forbes, o trabalhador médio começa a exercer as suas atividades por volta das 8h30 e termina às 17h40. É o chamado “horário comercial”, adotado pela grande maioria das empresas, em praticamente todo o mundo.

Acontece, que, quando precisa trabalhar apenas na sede da empresa, a rotina de trabalho de um funcionário começa muito mais cedo e termina muito mais tarde. Nos grandes centros urbanos e capitais brasileiras, por exemplo, o trânsito é caótico, principalmente nos horários de pico.

Logo, é comum que uma pessoa que começa trabalhar as 8h30min precise sair de casa duas ou até mesmo três horas antes do trabalho começar. Muitas vezes, é preciso pegar mais de uma condução para ir de sua casa até o escritório da empresa.

Na hora de sair do trabalho, novamente se enfrenta essa rotina e lá se vão mais algumas horas do dia perdidas. Isso tudo deixa as pessoas exaustas, reduz e, obviamente, diminui a produtividade.

O trabalho remoto aumenta a produtividade porque as pessoas passarão a ter mais qualidade de vida. Poderão dormir mais, passar mais tempo com a família, estudar, desenvolver um hobby, praticar exercícios físicos etc. Tudo isso contribui para que o ser humano seja mais produtivo

trabalho remoto aumenta a produtividade

Crescimento do uso da comunicação assíncrona

O trabalho remoto aumenta a produtividade, também pelo fato da comunicação assíncrona ser mais presente nesse modelo. O estudo publicado na Forbes mostra que a empresa analisada teve um aumento de 57% no uso do e-mail e 9% no uso do chat.

Tais ferramentas de comunicação são eficientes porque não demandam que o receptor e o emissor das mensagens estejam conversando no mesmo tempo. Se você recebe um e-mail agora e está muito ocupado ou concentrado, não há problema em responder daqui a uma hora, por exemplo.

Não é o que acontece quando se recebe uma chamada telefônica, que precisa ter sincronia, ou seja, a conversa deve ocorrer ao mesmo tempo entre as partes envolvidas. Nas empresas que trabalham com ramais, é muito comum que as ligações ocorram a todo instante, por motivos que muitas vezes não são urgentes e que poderiam facilmente ser tratados por e-mail ou chat.

Possibilidade de busca por um local adequado para cada atividade

A cultura do anywhere office acredita que as pessoas possam trabalhar em qualquer local. Logo, é possível buscar um lugar adequado para cada atividade que será exercida, de modo que se obtenha mais produtividade.

Quando é preciso executar uma atividade que exige mais concentração, como fazer cálculos, por exemplo, é interessante buscar um local que proporcione silêncio. Se o profissional estiver sozinho em casa, o home office seria ideal. Outra possibilidade é uma sala privativa em um coworking.

Agora, se a atividade exige a criatividade e a conexão com outras pessoas, o escritório da empresa ou um espaço compartilhado pode ser o mais indicado. Ter essa flexibilidade, certamente ajuda as pessoas a serem mais produtivas e também mais leais à empresa.

Flexibilidade deve ser o foco das empresas nos próximos anos

A pandemia acelerou a transformação digital e a construção de uma cultura de trabalho remoto nas empresas. Isso é o que está desenhando o cenário das companhias nos próximos meses e anos, que deve ser cada vez mais flexível.

A flexibilidade dá autonomia para que os trabalhadores possam praticar, de fato, a filosofia do anywhere office. O trabalho pode ser feito em qualquer local, não apenas no escritório da empresa ou em casa.

Imagine, por exemplo, uma pessoa que perde duas horas por dia dentro de um ônibus para ir trabalhar, tendo em vista que mora em um local bem afastado da sede da empresa. Se próximo da casa dela existir um coworking, que ela possa ir caminhando em 10 minutos, o que é mais vantajoso? Certamente a segunda opção, não é mesmo?

Isso não quer dizer que esse colaborador nunca irá ao escritório da empresa. Quando tiver algum evento importante, uma reunião de equipe ou encontro com um cliente, isso poderá acontecer, sem nenhum problema. Porém, perder horas, apenas por conta do deslocamento, é algo que deixará de fazer parte da rotina do usuário.

Todos saem ganhando com um trabalho mais flexível! O colaborador terá uma rotina mais saudável, aumentará a sua qualidade de vida e poderá ter tempo para exercer atividades pessoais, que antes eram deixadas um pouco de lado.

As empresas, por sua vez, terão funcionários mais motivados e produtivos, que farão melhores entregas, executando um trabalho com mais qualidade.
Entendido por que o trabalho remoto aumenta a produtividade? Então, não há porque deixar de praticar o anywhere office na sua empresa! Acesse o nosso site e veja como adotar a metodologia agora mesmo!

Texto de Lucas Flores – Relações Públicas e mestre em Letras, Cultura e Regionalidade. Desde 2013, trabalha com produção de conteúdo para web.

Facebook Comments

5 dicas essenciais para seu time trabalhar remotamente

Trabalho remoto

Um assunto tem roubado a cena na rotina da maioria de nós é o, até então temido por muitos, trabalho remoto. Diversas organizações foram obrigadas a repensar — ao menos temporariamente — novos formatos de trabalho. 

Tais transformações trouxeram quebras de paradigmas para os que achavam o home office ineficaz e improdutivo. Por outro lado, essas quebras vieram atreladas a vários novos desafios, principalmente para os navegantes de primeira viagem. E aí, será que você está conseguindo tirar de letra os desafios dessa nova modalidade de trabalho? 

Uma recente pesquisa realizada pela Robert Half mostrou que 53% dos profissionais que estão trabalhando de casa sentem benefícios como tempo ganho e redução de deslocamento como principais vantagens do trabalho remoto. 

A mudança foi, de certa forma, imposta a todos nós e os gestores não nos deixam mentir: para alguns tem sido positiva; para outros, algo ainda complexo e de difícil adaptação. Foi pensando nisso que preparamos 5 dicas para você ajudar seu time a fazer isso do melhor jeito possível!

1. Defina seu espaço de trabalho

Nossa primeira dica é eleger um espaço, seja ele um cômodo da sua casa ou até mesmo uma mesa dedicada a isso. Nele, deixe separado todo material que utiliza no dia a dia. O foco é que, além de promover um ambiente que minimize o nível de distração e aumente a produtividade, seja possível separar a rotina de casa da profissional.

É necessário autogestão para separar ao máximo a dinâmica de trabalho dos afazeres de casa e estipular, por exemplo, horários de pausas e refeições.

2. Crie uma rotina e defina metas

Elencar suas prioridades do dia ou semana de forma clara e objetiva ajudará a cumprir metas sem prorrogar tarefas importantes.

Nesse ponto, os mais organizados saem na frente. Criar uma rotina bem definida é um ponto de partida legal para não correr risco de procrastinar. Ter hora para acordar, tomar café da manhã, fazer uma pausa e terminar as atividades do dia é essencial para que as distrações externas não te façam performar mal. 

Nesse ponto é legal você alinhar expectativas com seu gestor, colegas de trabalho e consigo mesmo. Não se incomode de avisar que está no horário de descanso ou não está disponível naquele momento. Uma comunicação clara vai te ajudar a manter o equilíbrio nesse desafio que é o home office.

trabalho remoto

3. Otimize reuniões em calls curtas ou e-mails

O contexto atual mostrou para muitas pessoas que algumas reuniões poderiam ser resolvidas com um simples e-mail, certo?

Em contrapartida, trabalhar de casa permite que sejam agendadas reuniões  consecutivas, sem que se leve em conta os tempos de deslocamento e interferências externas. É aqui que mora o perigo. Você deve se atentar em agendar reuniões de forma espaçada e otimizada

Te explico melhor: o ideal é não preencher toda a manhã com reuniões uma atrás da outra, por exemplo. Além disso, reuniões curtas vão garantir maior concentração do time e produtividade das discussões. Temos que valorizar nosso tempo e definir prioridades.

4. Preze pelo equilíbrio entre vida pessoal e profissional

Quanto mais saudáveis estamos, física e mentalmente, melhor desempenhamos nossas atividades. O primeiro passo aqui é dormir bem. É um segredo antigo e que funciona com maestria. No mais, tudo o que te fizer bem e trouxer energia conta: se você gosta de praticar um esporte, ter um horário para fazer uma oração/meditação, momentos de lazer com os filhos ou até mesmo um livro ou filme. 

Às vezes ativamos o modo automático e nos esquivamos de pequenos prazeres e estímulos diários em razão do cansaço. Trabalhar de casa significa, para muitos, a chance de ter um equilíbrio entre vida profissional e vida pessoal: ter mais tempo, usufruir de uma vida menos estressante, poder realizar refeições saudáveis e em casa e conseguir incluir uma atividade física na rotina.

Saiba se “desconectar” e definir os momentos dedicados ao trabalho e à vida pessoal. Profissionais que tem a flexibilidade de trabalhar de casa, ao que tudo indica, são profissionais mais felizes.

5. Crie uma cultura colaborativa

A distância não pode virar um empecilho para o contato com os colegas e as trocas de conhecimento. Compartilhe com os colegas suas entregas e projetos. É essencial manter o contato entre equipes, tanto para assuntos profissionais, quanto, quem sabe, para um happy hour virtual?  

Como uma empresa totalmente distribuída, sentimos na pele os benefícios do trabalho remoto e, apesar da familiaridade com os desafios, ainda é um constante aprendizado para nós também!

Se seu time precisa de mais liberdade e flexibilidade no trabalho, você deveria conhecer um pouquinho mais do Anywhere Office. Em nosso blog temos um texto completo sobre o assunto e você pode conferir clicando aqui. O futuro do trabalho se adiantou e já está aí, está esperando o que para viver todas as vantagens que ele pode trazer?


Ana Luiza Rocha é analista de marketing e business development representative no BeerOrCoffee.

Facebook Comments