6 ideias de trabalho flexível para ajudar funcionários a terem mais equilíbrio na vida profissional e pessoal

CarreiraTrabalho remoto

Sem dúvidas o mercado de trabalho tem se movimentado em direção a uma ética profissional mais forte. Além de uma rotina mais produtiva e um impreterível equilíbrio entre vida profissional e pessoal.

Em um estudo feito na rede Regus “metade das empresas que oferecem condições flexíveis de trabalho relatou que suas equipes têm um equilíbrio mais saudável entre vida particular e trabalho, o que as deixa mais satisfeitas e motivadas”.

Abaixo, 5 ideias de trabalho flexível para ajudar funcionários a terem mais equilíbrio entre a vida profissional e pessoal:

1. Oferecer horários flexíveis

Não é à toa que se chama “trabalho flexível”. O mercado de trabalho ainda opera no intocável “horário comercial”. Porém, vemos que a rotina de muitos funcionários tem se estendido além desse horário. E isso causa mais malefícios — como exaustão física e mental, propensão a erros, insatisfação — do que os benefícios que deveria. Não se atinge maior produção e conversão em rendimento para a empresa, como muitos imaginam.

Ao oferecer horários flexíveis, que podem ser personalizados a cada cargo ou pré-definidos em “turnos”, a empresa demonstra um maior respeito com as diferentes rotinas de seus funcionários. E também se inclina a aproveitar o rendimento de cada um. Isso porque algumas pessoas trabalham e produzem melhor em diferentes períodos do dia.

Além disso, a flexibilidade de trabalho abre as portas para novas possibilidades de funcionários. Por exemplo, mães e pais solteiros que podem precisar dessas condições para conciliar a sua rotina profissional e de sua família.

2. Ser um exemplo de profissional equilibrado

A busca pelo equilíbrio pode ser vista como algo que os millenials trouxeram para o mercado de trabalho. Mas é importante que tanto novos funcionários como gerentes e profissionais em cargos sênior estejam engajados nesse objetivo. Como é possível estimular funcionários a alcançarem esse equilíbrio enquanto o gerente da equipe trabalha mais de 50 horas por semana? E se ele quer tratar de assuntos da empresa nos fins de semana e feriados?

Pessoas nos cargos de poder devem dar o exemplo para outros colegas de trabalho manterem suas rotinas mais equilibradas. Isso porque os colaboradores sentem que precisam acompanhar o ritmo do líder da equipe. Além disso, podem se sentir desestimulados a evoluir na empresa ao verem as futuras condições de trabalho.

vida profissional e pessoal

3. Estimular eventos sociais e interações fora do trabalho

O equilíbrio entre profissional e pessoal não está somente em deixar os problemas “do trabalho no trabalho” e os “de casa em casa”. É um processo que busca aliviar as tensões nas duas áreas. Logo, ter interações sociais no ambiente de trabalho que vão além de eventos obrigatórios pode ser uma grande ajuda.

Eventos sociais podem existir dentro ou fora do escritório. Contudo, desde que sejam focados em ser um espaço livre de estresse e que existam para estimular a interação. É comum que funcionários se sintam obrigados a participar ou não de certos eventos para “manter as aparências” com chefes ou colegas. Esse tipo de situação acaba gerando mais estresse do que alívio. Portanto, as pessoas devem ir porque querem, porque é um momento divertido e leve.

Exemplos de tais eventos podem ser aniversários coletivos no fim do mês, um dia de pizza, uma saída para almoço ou jantar. Existem diversas oportunidades de aliviar as tensões que o ambiente do escritório pode oferecer.

4. Ter iniciativas de cuidado pessoal no trabalho

Um dos propósitos dessa busca por equilíbrio nas duas grandes áreas da vida é, em grande parte, ter uma vida mais saudável física e mentalmente. Empresas podem criar oportunidades e espaços para que seus funcionários possam trabalhar diretamente com sua saúde.

Existem diversas formas que as organizações podem ajudar nessa mudança. Abrir espaços zen e academias nos próprios escritórios ou prédios, manter parcerias com academias e/ou estúdios de yoga da região, oferecer um plano de saúde que cubra tratamento psicológico e terapêutico etc. Isso traz o equilíbrio entre corpo e mente necessário para manter, também, o balanço entre vida profissional e pessoal.

Algumas maneiras mais simples ainda de contribuir são fornecer lanches saudáveis e frutas nas cozinhas, café descafeinado, estimular a conversa sobre benefícios de uma rotina saudável. Apesar dessas alterações parecerem um “gasto desnecessário” por algumas pessoas, muitas pesquisas indicaram que investir no bem estar físico e mental dos funcionários realmente traz uma conversão de satisfação e produtividade significativa.

vida profissional e pessoal

5. Incentivar dias de folga e descanso

Um bom funcionário ou um profissional exemplar não é aquele que dedica cada minuto do seu dia ao trabalho, muito menos aquele que está sempre no escritório. Parte do processo de encontrar esse equilíbrio é estimular que folgas e dias de descanso sejam feitos regularmente.

Depois do caso de uma funcionária que tirou um dia para cuidar da sua saúde mental e teve a resposta perfeita do seu chefe, criou-se uma grande discussão sobre a importância de reconhecer esses momentos e ser transparentes sobre eles. Essa maturidade emocional é uma das habilidades mais importantes que profissionais devem ter nos próximos anos.

6. Oferecer a opção de trabalho remoto

vida profissional e pessoal

Ao lado do trabalho flexível está o conceito de trabalho remoto. Esse vem sendo estimulado pelo crescimento dos coworkings em diversas cidades e países. Oferecer a opção de trabalho remoto para seus funcionários traz benefícios como:

  • Estímulo de confiança e respeito com o funcionário;
  • Aumento da qualidade de vida do funcionário (que fica livre de estresses causados pelo deslocamento para o local de trabalho);
  • O funcionário ganha mais tempo na sua rotina que antes era usado com o deslocamento;
  • Estímulo de desenvolver responsabilidade e organização pessoal do funcionário;
  • Economia de gastos com escritório;
  • Abertura para funcionários terem novas experiências e fazerem mais networking em ambientes como coworkings e espaços de nicho.

Com base nos estudos feitos sobre os benefícios do trabalho remoto em espaços de coworking essa mudança do local de trabalho aumenta a moral da equipe, diminui a probabilidade de rotatividade da equipe e muitos funcionários que já são adeptos a essa nova jornada de trabalho dizem se sentirem mais produtivos e propensos a entregarem resultados melhores. Assim, possuem maiores chances de atingirem um maior equilíbrio entre vida profissional e pessoal.

Que tal ter uma primeira experiência de trabalho remoto com sua equipe? Faça o teste grátis e aproveite as vantagens de um espaço de coworking para sua empresa.

Bruna Miranda é criadora e estrategista de conteúdo, tradutora, podcaster, e está sempre atrás de um projeto novo. Trabalha como freelancer desde 2015 e já evitou várias reuniões que poderiam ter sido um e-mail. 

Facebook Comments
Previous
Como é o espaço de trabalho moderno sob a ótica da Microsoft