trabalhar em um coworking

Como é trabalhar em um coworking?

coworking

Como é trabalhar em um coworking? Será que estamos todos preparados para a revolução no mercado de trabalho? Será que estamos prontos para nos livrar da carga horária delimitada? Será que estamos prontos para compartilhar espaços? Será que estamos dispostos a aprender com a concorrência? Será?

Estas e muitas outras perguntas levam várias profissionais a procurarem os coworkings. As democráticas estações de trabalho já ganharam muitos países. E o Brasil, aos poucos, está aderindo a esta tendência. Claro que ainda há muitas dúvidas sobre os escritórios compartilhados. E para você que está nesta situação temos boas notícias: no conteúdo de hoje traremos algumas impressões de quem já é um coworker e dicas para você aderir a este universo.

Bora lá?

O espaço físico

Sim, a galera ama o estilo descolado da maioria dos coworkings. Lógico que não é uma regra, mas sim, o espaço harmônico, bem decorado, iluminado faz muita a diferença. Veja alguns comentários:

“O visual é de encher os olhos (tanto pela vista quanto pela decoração), o ambiente é bastante tranquilo para concentração e as funcionárias da recepção foram muito atenciosas!” sobre o Flowork

“O mais gostoso da área de trabalho é de verdade encher os olhos com a vista e com a decoração. Uma mistura de cor, plantas e móveis que você fica só sonhando sobre como ficariam na sala da sua casa…” sobre o Wework Berrini

“Apesar da aparência “moderninha”, o primeiro andar é bem tranquilo. Mesmo com as reuniões acontecendo em algumas mesas e a música ambiente, consegui me concentrar muito bem, como se estivesse trabalhando de casa.” sobre o Spaces.

Estas percepções são bem recorrentes, pois uma das premissas dos coworkings é oferecer um ambiente agradável para os adeptos a este estilo de trabalho, mais livre, que incentiva a criatividade.

trabalhar em um coworking

Network que fala, né?

Se não for pra fazer network nem vá para um coworking. Brincadeira, vá sim, como já dissemos o espaço é democrático e tem espaço para todo mundo. Mas, já que estará por lá, converse com a galera, entenda os benefícios que cada um encontrou em estar ali, saiba das dores e das conquistas de cada um. Isto te ajudará a crescer como profissional e como pessoa.

Mas, voltando ao assunto, o network dentro desses escritórios é muito comum. Tem gente que se conhece ao trabalhar em um coworking e vira sócio, parceiro, cliente e, claro, amigo.

“Em relação ao networking, parece ser algo que realmente acontece de forma natural entre os residentes. Além da própria interação nos espaços, há uma série de eventos realizados no Flowork, que certamente ajudam neste ponto!”

“Outro ponto que gostei bastante é que no WeWork  as pessoas parecem bastante dispostas a interagir entre si, nem que seja por um bom dia e comentário sobre o tempo com quem está sentado logo ao lado.”

Sim, socialização é quase uma palavra de ordem nesses ambientes. Mas, é sempre bom frizar, se você só quer um canto para chamar de seu, os coworkings também são para você!

Numa sala, numa estação de trabalho ou numa casinha de sapê

Quando falamos que os coworkings são democráticos, é porque são democráticos mesmo. Você pode virar um coworker usando uma sala inteirinha pra você, ou pode optar pelo mesão, também conhecido como estação de trabalho compartilhado. A casinha de sapê, não nos lembramos de já ter visto algum, mas não duvidamos.

Pois é, a vantagem de trabalhar em um coworking é que você literalmente escolhe sua forma de trabalhar, seu espaço, a partir das suas necessidades e disponibilidade de investimento. Talvez você ouça que esses lugares são muito confusos, barulhentos, desorganizados, mas acredite: ouvir histórias jamais vai retratar a realidade de quem vive a experiência.

Se você quer muito viver sua própria experiência de trabalhar em um coworking, nossa dica é começar lendo o post que se encontra neste link aqui. Sim, nele você encontrará dicas de como chegar ao coworking ideal para você. Depois, viva na prática e conte suas experiências aqui pra gente. O que acha?

Estamos esperando seus comentários aqui.

Até!

copa do mundo

Como manter a produtividade durante a Copa do Mundo

Guest Post

Planejamento. Esta é a palavra chave para freelancers e empresas que não querem ver a produtividade cair durante o torneio de futebol mais popular no Brasil, a Copa do Mundo. Se em 2014 recebemos o evento em nosso país e os números indicaram uma brusca queda nos resultados. Em 2018 não tende a ser diferente, logo, é preciso estar atento e se organizar.

Planejamento na Copa do Mundo

O planejamento de como será o expediente em dias de jogos, por exemplo, é um excelente primeiro passo. Alinhar com os colaboradores como a empresa funcionará nesses dias e, principalmente, determinar prazos das entregas é essencial. Se sua equipe está informada e todos alinhados, naturalmente a empresa não sofrerá grandes impactos.

Pesquisas indicam que no Brasil, as pequenas empresas, em geral não controlam, a produtividade de seus trabalhadores. E as grandes acabam se perdendo em burocracia. Portanto, não há dúvidas: organização e planejamento é tudo, independente da estrutura que a empresa tenha, e independente de estar rolando a Copa do Mundo 2018.

Hoje tem jogo, como fica a produtividade na sua empresa?

copa do mundo

Nada de pânico, a produtividade pode sim ter uma queda, mas não necessariamente precisa afetar seu negócio. Achou redundante? Já explicamos. Quando o empresário se prepara para esse tipo de ocasião, até mesmo a queda nas entregas ou resultados estão previstas.

Obviamente, em algumas áreas o impacto é maior que outras. Por exemplo, em uma indústria, onde o tempo de produção afeta diretamente no fluxo de entrega de caixa. Aqui é preciso uma força tarefa maior que em lugares onde a produção está ligada exclusivamente ao intelecto.

Vamos pensar em dois contextos:

1- Uma empresa/indústria em que a linha de produção não para, e quanto mais se produz, mais se vende.

2- Uma agência publicitária em que os profissionais precisam criar e entregar projetos conceituais, ou seja, o intelecto precisa estar tranquilo para produzir.

No primeiro caso, temos profissionais trabalhando em série e o trabalho braçal em conjunto garante o volume e quantidade de entrega. Já no segundo caso, mentes concentradas, focadas, garantem a qualidade e a criatividade nas entregas.

O ponto em comum nesses dois cenários são os profissionais preocupados com os jogos. Desconcentrados no trabalho. E, consequentemente, fazendo entregas abaixo do esperado. O ponto que diverge é na tomada de decisão em como solucionar essa situação. Enquanto em um caso, onde não dá para parar a produção, é preciso rever a forma de estimular esses profissionais ou mesmo antecipar a produção e prorrogar entregas. No outro caso há uma flexibilidade maior, tendo em vista que tempo, não necessariamente dinheiro, mas sim qualidade do tempo dedicado.

Muitas empresas mantém a rotina de trabalho e preferem lidar com a procrastinação, ignorando completamente a produtividade. Entretanto, é válido relembrar que o negligenciamento de atividades, nem sempre está ligado à preguiça. Em muitos casos, procrastinar pode estar relacionado a ansiedade, stress, falta de criatividade e outros sentimentos que foram causados pelo desgaste da rotina.

O que podemos concluir com esta breve análise? Aproveitar um jogo do Brasil para liberar a equipe e deixá-la refrescar a cabeça, pode sim ser um bom estímulo para a produtividade aumentar. E, porque não para dar uma quebra na rotina.

Freelas e autônomos podem se dar ao luxo de uma folga?

copa do mundo

Quem nunca viveu momentos de improdutividade e procrastinação? Pois é, com freelancers, autônomos e profissionais independentes isto não é diferente. Assim como também não difere de outros profissionais o amor pelo futebol e desejo de assistir ao jogos do Brasil na Copa do Mundo.

Onde queremos chegar com tudo isto? Só queremos tranquilizar você que se enxergou neste cenário e lembrar o que já mencionamos acima. Planejamento é tudo! Ou seja, organize sua pauta, planeje suas entregas, faça uma previsão dos seus resultados que sim, você terá tranquilidade para se dar dias de folgas, procrastinar e até mesmo assistir os jogos que desejar nesta Copa do Mundo 2018.

Depois conta pra gente o que achou das dicas e também dos jogos! 😉

Até a próxima!