trabalhar em um coworking

Como é trabalhar em um coworking?

coworking

Como é trabalhar em um coworking? Será que estamos todos preparados para a revolução no mercado de trabalho? Será que estamos prontos para nos livrar da carga horária delimitada? Será que estamos prontos para compartilhar espaços? Será que estamos dispostos a aprender com a concorrência? Será?

Estas e muitas outras perguntas levam várias profissionais a procurarem os coworkings. As democráticas estações de trabalho já ganharam muitos países. E o Brasil, aos poucos, está aderindo a esta tendência. Claro que ainda há muitas dúvidas sobre os escritórios compartilhados. E para você que está nesta situação temos boas notícias: no conteúdo de hoje traremos algumas impressões de quem já é um coworker e dicas para você aderir a este universo.

Bora lá?

O espaço físico

Sim, a galera ama o estilo descolado da maioria dos coworkings. Lógico que não é uma regra, mas sim, o espaço harmônico, bem decorado, iluminado faz muita a diferença. Veja alguns comentários:

“O visual é de encher os olhos (tanto pela vista quanto pela decoração), o ambiente é bastante tranquilo para concentração e as funcionárias da recepção foram muito atenciosas!” sobre o Flowork

“O mais gostoso da área de trabalho é de verdade encher os olhos com a vista e com a decoração. Uma mistura de cor, plantas e móveis que você fica só sonhando sobre como ficariam na sala da sua casa…” sobre o Wework Berrini

“Apesar da aparência “moderninha”, o primeiro andar é bem tranquilo. Mesmo com as reuniões acontecendo em algumas mesas e a música ambiente, consegui me concentrar muito bem, como se estivesse trabalhando de casa.” sobre o Spaces.

Estas percepções são bem recorrentes, pois uma das premissas dos coworkings é oferecer um ambiente agradável para os adeptos a este estilo de trabalho, mais livre, que incentiva a criatividade.

trabalhar em um coworking

Network que fala, né?

Se não for pra fazer network nem vá para um coworking. Brincadeira, vá sim, como já dissemos o espaço é democrático e tem espaço para todo mundo. Mas, já que estará por lá, converse com a galera, entenda os benefícios que cada um encontrou em estar ali, saiba das dores e das conquistas de cada um. Isto te ajudará a crescer como profissional e como pessoa.

Mas, voltando ao assunto, o network dentro desses escritórios é muito comum. Tem gente que se conhece ao trabalhar em um coworking e vira sócio, parceiro, cliente e, claro, amigo.

“Em relação ao networking, parece ser algo que realmente acontece de forma natural entre os residentes. Além da própria interação nos espaços, há uma série de eventos realizados no Flowork, que certamente ajudam neste ponto!”

“Outro ponto que gostei bastante é que no WeWork  as pessoas parecem bastante dispostas a interagir entre si, nem que seja por um bom dia e comentário sobre o tempo com quem está sentado logo ao lado.”

Sim, socialização é quase uma palavra de ordem nesses ambientes. Mas, é sempre bom frizar, se você só quer um canto para chamar de seu, os coworkings também são para você!

Numa sala, numa estação de trabalho ou numa casinha de sapê

Quando falamos que os coworkings são democráticos, é porque são democráticos mesmo. Você pode virar um coworker usando uma sala inteirinha pra você, ou pode optar pelo mesão, também conhecido como estação de trabalho compartilhado. A casinha de sapê, não nos lembramos de já ter visto algum, mas não duvidamos.

Pois é, a vantagem de trabalhar em um coworking é que você literalmente escolhe sua forma de trabalhar, seu espaço, a partir das suas necessidades e disponibilidade de investimento. Talvez você ouça que esses lugares são muito confusos, barulhentos, desorganizados, mas acredite: ouvir histórias jamais vai retratar a realidade de quem vive a experiência.

Se você quer muito viver sua própria experiência de trabalhar em um coworking, nossa dica é começar lendo o post que se encontra neste link aqui. Sim, nele você encontrará dicas de como chegar ao coworking ideal para você. Depois, viva na prática e conte suas experiências aqui pra gente. O que acha?

Estamos esperando seus comentários aqui.

Até!

buscando coworking

Buscando coworking: por onde começar?

coworkingCoworking Profissões

Todos já sabemos, ou pelo menos deveriam, que o mundo está evoluído. Evoluído a ponto de não precisarmos mais nos prender ao tradicional modelo de trabalho. Com isso, temos os coworkings, que são a materialização desta ideia de que um escritório fixo e com estruturas arcaicas já não cabem mais na realidade de muitas pessoas. Por tanto, se você não está buscando coworking é hora de começar!

Ainda não se decidiu? Então queremos bater um papo muito sério com você! No mundo de hoje, não ha mais a necessidade de ter um único lugar para chamar de “seu trabalho”. Um ambiente propício ao trabalho pode ser em casa, pode ser num café, pode ser num escritório compartilhado, pode ser em todos esses, não ao mesmo tempo, claro!

Então, vamos falar do que de fato interessa? Os coworkings estão aí para facilitar nossa vida, ajudar a organizar nossa vida profissional, e estreitar nossa relação com o mercado de trabalho. Mas, como de fato aderir ao coworking? Estou buscando coworking, mas por onde começar?

Buscando coworking se você é freelancer

buscando coworkingSe você é freelancer tudo é mais fácil. Quer dizer, nem sempre! Estamos falando em relação à liberdade. Agora concorda? Isso porque, como freela, a sua rotina depende basicamente de você. Quer ir ao coworking uma, duas, 5 vezes na semana? Tudo bem, você pode! A única coisa que sugerimos é entender o perfil de quem trabalha nos coworkings por onde passar e avaliar com qual mais se identifica.

Você pode escolher entre uma mesa individual ou uma mesa comunitária. Caso precise de uma sala reservada para uma reunião, é possível. Se o ambiente coletivo atende, em problemas, os coworkings também possuem esses espaços! ? Além disso, você pode avaliar os lugares que tem eventos que te interessam. Comece frequentando os eventos abertos para sentir a atmosfera do local para depois se tornar um membro. Mas não deixe de avaliar os benefícios e entender se de fato são benefícios que agregam valor para você.

Buscando coworking se você é empreendedor

Se você é empreendedorseja de pequena ou média empresa, você provavelmente já sabe da dificuldade em manter os custos do próprio espaço. E é pensando neste cenário que os coworkings se tornam ótimas pedidas para quem precisa reduzir as despesas sem perder qualidade. Isso vale para fazer uma reunião, manter as estações de trabalho, ter uma internet de qualidade, etc.

É necessário entender que você estará imerso numa ambiente com diversas outras “empresas”, e você precisa saber aproveitar esta oportunidade. São pessoas com habilidades diferentes das suas, e mesmo os que estão na sua área de atuação, não são concorrentes, mas sim oportunidades de crescer.

Se você tem um sócio, por exemplo, vocês podem fazer períodos de testes em coworkings diferentes. Muitos lugares oferecem esse serviço de diária gratuitaEssa é uma ótima maneira de entender o modelo deste negócio e perceber se tem a ver com seu perfil profissional.

Viva a experiência de um coworking

buscando coworking

Seja você um freelancer, um empreendedor iniciante ou mesmo um profissional com longa experiência de mercado, viver a experiência de um coworking é se permitir exercer a economia criativaNos coworkings os profissionais estão sedentos por fazer entregas rentáveis utilizando a criatividade como matéria prima.

Mas, como? Pois é, o ambiente é descontraído, as pessoas compartilham o ambiente, mas não tem as mesmas entregas a fazer. Portanto, a experiência de estar em coletivo só agrega, afinal um aprende com o outro diariamente.

Então vamos pensar juntos. Se você está começando agora, o coworking ajuda a ampliar sua visão para o mercado. Se você já está no mercado, mas querendo se encontrar ou inovar, o coworking aguça sua oportunidades. Se você tem tempo de mercado, o coworking te ajuda a se atualizar das novidades, tendo em vista o contato com uma diversidade de profissionais no mesmo lugar.

E aí, já clareou um pouco por qual caminho começar a seguir?