profissão

Sua profissão tem a cara de um coworking?

coworkingCoworking Profissões

O termo coworking tem ganhado cada vez mais espaço no mercado de trabalho. Sendo muitas das vezes relacionado a uma prática dos tempos de hoje. Pois é porque de fato trata-se de uma expressão relativamente atual. Inclusive já contamos um pouco da origem do termo bem aqui, lembra? Mas, para facilitar a vida e sermos mais objetivos criamos aqui uma definição mais rápida. Trata-se de espaços compartilhados por profissionais de áreas diversas. Achou simples demais? Então vamos entender até onde sua profissão pode se adequar a esse modelo de trabalho.

Profissões e coworking

Se os coworkings são escritórios que visam compartilhar seu espaço e as expertises dos adeptos, logo tem espaço para todo mundo. Concorda? Aliás, entre as vantagens dos coworkings a principal delas é ser um lugar democrático. Com espaço para todos que tenham interesse em expandir seus negócios, carreiras e networking.

Já falamos aqui sobre a adesão dos arquitetos, jornalistas, blogueiros, entre outros profissionais aos escritórios compartilhados. Tais profissões têm um viés mais flexível, com carga horária ajustável, necessidade de se comunicar, certo? Erradíssimo. Se engana quem acredita que os coworkings são escritórios limitados apenas a determinadas áreas e não, também à sua profissão. Ou mesmo aos empreendedores e autônomos. Como já dissemos, democracia é uma das premissas desses lugares. Logo, seja um engenheiro, um contador, um professor, o importante é ter o interesse em compartilhar um espaço com outros profissionais com o mesmo interesse em se desenvolver.

Dentro de um coworking os profissionais têm a chance de ampliar seus contatos. Fazer novas parcerias e cliente. Ou simplesmente trocar experiências e conhecimentos. Isso tudo, claro, contando ainda com a divisão das despesas. Os escritórios compartilhados são ideais para quem precisa de um espaço para desenvolver suas atividades, receber clientes, fazer novos contatos.

profissão

Por que optar pelo coworking?

Flexibilidade, independência, trabalho remoto, contatos, custos acessíveis. Vários motivos podem te levar a um coworking e sua área de atuação será determinante para identificar isto. Para quem está investindo no próprio negócio, por exemplo, o networking é fundamental. Já um profissional que tem uma rotina corrida e não tem tempo para se prender a um único lugar, a flexibilidade do coworking é essencial. Já outras áreas saem na vantagem pelo ambiente inovador e inspirador.

São vários motivos que podem levar um profissional a aderir a um escritório compartilhado. E a grande vantagem para todos eles é a flexibilidade de horários. De escolher salas que atendam suas necessidades. E, claro, ter um escritório para receber clientes. É sempre muito importante causar boas impressões. Isso costuma dizer muito do profissional que é.

Outro aspecto positivo é a oportunidade de realizar e participar de eventos. No caso da participação, pode ser workshops, cursos e outros tipos de ações realizadas dentro do próprio escritório. Ou até mesmo que não seja algo realizado dentro do espaço. O fato de estar em contato direto com o mercado, devido a variedade de profissionais coworkers, acaba por se manter atualizado do que vem acontecendo.  

Sobre a realização de eventos em coworking, esta é uma excelente forma de se mostrar para o mercado. Os eventos podem ser sobre o mercado de forma ampla, como um bate papo sobre empreendedorismo ou uma palestra dos desafios no mercado. Mas você também pode aproveitar suas habilidades para compartilhar seu conhecimento com os outros. Se você é programador, pode ensinar programação básica para os colegas. Caso seja fotógrafa, podem passar dicas sobre o assunto. E assim vai. Essa é uma ótima forma de compartilhar conhecimento, fazer relacionamento e vender seu produto ou serviço.

profissão

Ainda na dúvida se profissão tem a cara de um coworking?

Para quem ainda acredita que a profissão que atua não tem cara de coworking, nossa dica é testar! Busque um escritório compartilhado perto de você. Conheça melhor a rotina dos espaços. Veja quais tem a sua cara e também o seu ritmo. Temos certeza que assim você vai entender como sua rotina pode fazer parte de um universo tão inovador.

Ah! E não deixe de compartilhar com a gente suas experiências!

Até a próxima! 🙂

Facebook Comments
Previous
Freelancer: como captar novos clientes
Next
O poder da colaboração

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *