habilidades profissionais

Principais habilidades profissionais e produtos que você precisa ficar de olho em 2019

Coworking Profissões

Você já está careca de saber que o mercado de trabalho mudou e exige novas habilidades profissionais, não é mesmo? Cada vez mais, o foco está na capacidade de a pessoa ser produtiva e entregar resultados.

Isso quer dizer que desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes nunca fez tanto sentido. No início de um ano, então, o desejo de aprendizado aumenta ainda mais entre as pessoas, não é mesmo?

O problema surge quando nos perguntamos: aprender o quê?

Segundo dados do LinkedIn, existem ao menos 50.00 0 habilidades profissionais no mundo. Em meio a esse mundo de possibilidades, para onde você deve direcionar seus esforços?

A resposta vem da própria rede social profissional. O LinkedIn realizou uma análise que mapeou as habilidades que as empresas mais demandam em 2019.

Ficou curioso? Neste post, vou mostrar quais são essas habilidades profissionais e o que você pode fazer para se destacar neste mercado cada vez mais concorrido!

O que os empregadores esperam de você em 2019

No estudo do LinkedIn, concluiu-se que os empregadores estão buscando pessoas que combinam as chamadas hard e soft skills.

Hard skills são habilidadades tangíveis, que podem ser facilmente quantificadas. Um livro, uma graduação, um mestrado ou até um curso na Udemy, por exemplo.

As soft skills, por sua vez, são as habilidades comportamentais, ou seja, as qualidades subjetivas e, por isso, mais difíceis de serem avaliadas. A criatividade, a comunicação ou a persuasão, por exemplo.

Os resultados do LinkedIn coincidem com o relatório Future of Jobs, um estudo do Fórum Econômico Mundial, que aponta que competências como iniciativa, pensamento crítico e originalidade tendem a se valorizar.

Mas, voltando às diversas possibilidades de aprendizado, vamos ver quais são as mais valiosas do ponto de vista de quem contrata?

Habilidades profissionais para aprender neste ano

De acordo com o LinkedIn, essas habilidades profissionais que vou mostrar a seguir são consideradas muito valiosas pelos seus gestores e pelos gestores dos seus gestores, mas que são difíceis de encontrar por aí.

Isso vale independentemente se você é um freelancer que trabalha em coworking ou se é um executivo de multinacional, que precisa seguir uma rotina rígida.

O fato é que, se você desenvolver as tais habilidades profissionais, passará a se destacar no mercado e é bem possível que terá empresa brigando por seu passe.

Como disse, as habilidades incluem soft e hard skills.

Em primeiro lugar, veja as soft skills:

1. Criatividade

Apesar de os robôs serem ótimos para automatizar tarefas repetitivas, as empresas precisam de pessoas criativas.

No mundo de hoje, faz toda diferença ter pessoas que entregam novas soluções para velhos problemas e isso nenhuma máquina faz.

2. Persuasão

Uma coisa é você ter um excelente produto, que tem qualidade e ajuda seus clientes. Outra é convencer o seu público a acreditar nisso.

Para isso, é preciso ser bom é persuasão, certo?

3. Colaboração

Na era da Inteligência Artificial, a colaboração tem um espaço cada vez mais importante no mercado.

Eu mesmo, que trabalho em coworkings, sinto isso na pele. Tô cercado de grandes profissionais e estamos sempre nos ajudando.

4. Adaptabilidade

Para se dar bem no mercado de hoje, é preciso se adaptar.

As coisas mudam muito rápido e se as pessoas não acompanharem essas transformações ficarão para trás.

Em outras palavras, camarão que dorme a onda leva!

5. Gestão do tempo

O tempo é um dos ativos mais valiosos no mundo profissional do século 21.

O mundo do trabalho caminha para uma maior consciência do equilíbrio entre vida profissional e pessoal.

Isso, no entanto, não quer dizer que vamos trabalhar menos.

Iremos trabalhar mais, mas em menos tempo, pois as tecnologias avançadas permitem isso.

Agora, vamos às hard skills:

O LinkedIn listou as top 5, assim como fez com as soft skills. Mas foi além e citou várias outras. Vamos ver todas!

6. Cloud Computing

O mundo está correndo, cada vez mais, para a nuvem.

E as empresas, que não são bobas, estão loucas atrás de profissionais com habilidades para acomodar tanta coisa na nuvem.

7. Inteligência Artificial

Vivemos a era da IA. Ela transformou diversas indústrias e está cada vez mais presente em nosso dia a dia.

Sabe a pesquisa no Google hoje? Pois é: IA

8. Raciocínio Analítico

Eu trabalho com marketing digital e na minha área tem muitos engenheiros.

É simples: eles têm habilidades analíticas e isso é essencial para qualquer negócio.

As empresas coletam dados sem fim e, por isso, estão sedentas por gente que toma decisão inteligente com base nessas informações.

9. Gestão de Pessoas

Também há uma grande transformação no universo da gestão de pessoas.

Aquela história de que um chefe manda e outro obedece é, definitivamente, coisa do passado.

Hoje em dia, os líderes têm de estar preparados para treinar e empoderar seus subordinados.

10. Design UX

UX é a sigla para User Experience e isso quer dizer que as empresas que querem ter sucesso precisam oferecer uma ótima experiência para os seus consumidores.

11. Desenvolvimento de Aplicativos Móveis

Isso acontece por uma simples razão: os smartphones e tablets tornaram-se, praticamente, extensões dos corpos das pessoas.

Assim, existe um mercado sem fim para essa área.

12. Produção de vídeos

A demanda do vídeo já é grande e só vai aumentar.

Vale lembrar que o vídeo é uma mídia muito poderosa porque, entre outras questões, passa informações de uma forma muito prática e eficiente.

13. Liderança de vendas

As habilidades em vendas têm uma importância cada vez maior no mercado.

E encontrar bons líderes de vendas nem é algo tão simples assim.

14. Tradução

Mais do que nunca estamos conectados globalmente. Dessa forma, a tradução chega para quebrar uma das últimas barreiras remanescentes: a linguagem.

15. Produção de áudio

Da mesma forma que há muita demanda por vídeos, os áudios também estão em alta no mercado.

Surgiu um aumento na procura por podcasts e outros formatos de áudio.

16. Processamento de Linguagem Natural

Tecnologias por trás do Google e do Alexa, além de itens que vão de carros a lâmpadas: tudo agora está sendo ativado por voz.

17. Computação científica

Geralmente, é utilizada para resolver problemas com grandes quantidades de dados. E, à medida que as empresas coletam dados, essa demanda só aumentará.

18. Desenvolvimento de jogos

Essa demanda continua forte e representa um sinal de proporcionar melhores experiências para os usuários.

19. Social Media Marketing

As mídias sociais continuam como um meio popular e muito eficiente de fazer contato com outras pessoas.

20. Animação

Mais uma vez, nenhuma surpresa. Com os vídeos e a prevalência de GIFs, a demanda por essa área tende a aumentar.

21. Análise de Negócios

É uma história parecida com a tomada de decisão baseada em dados. Mais e mais empresas confiam em analistas para que eles ajudem a decidir sobre investimentos estratégicos.

22. Jornalismo

Uma profissão que estava em baixa, mas que está cada vez mais demandada. No entanto, o jornalismo de hoje não é só para jornalistas. As empresas estão ansiosas por profissionais que saibam contar boas histórias.

23. Marketing Digital

Com as ascensão do digital, não é nenhum segredo que a habilidade em marketing digital é cada vez mais demandada pelo mercado.

24. Design Industrial

Uma demanda que está em alta há muito tempo. Sempre haverá espaço para quem projetar algo que seja prático e eloquente.

25. Estratégias Competitivas

A concorrência é cada vez maior, então as empresas precisam de gente que entenda de estratégias que coloquem a marca à frente dos concorrentes.

26. Sistemas de Atendimento ao Cliente

Um atendimento ruim pode gerar um simples tweet que pode viralizar e ser visto em todo mundo. Assim, o atendimento de excelência é cada vez mais primordial.

27. Teste de softwares

Novos softwares chegam no mercado em números recordes. Por isso, mais e mais pessoas têm de assegurar que eles realmente funcionem.

28. Ciência de dados

Como já disse, há uma forte demanda para aqueles profissionais que decifram a magnitude dos dados.

29. Computação Gráfica

Boa parte do mundo digital mudará do 2D para o 3D. As empresas precisam de pessoas para realizar essa transição.

30. Comunicações Corporativas

Com as mídias sociais, os erros podem tomar proporções globais. Isso exige que as pessoas lidem com situações complicadas.

Metodologia do LinkedIn

Para identificar as habilidades mais demandadas pelas empresas, o LinkedIn investiu na observação das competências que estão em alta demanda em relação à sua oferta.

A demanda é medida pela identificação das habilidades listadas nos perfis do LinkedIn dos profissionais que estão sendo contratados.

E, como a rede não é boba nem nada, ela oferece diversos cursos relacionados a essas habilidades, por meio do LinkedIn Learning.

As habilidades profissionais servem para várias coisas, inclusive criar novos produtos no mercado. Interessante, né?

Vamos ver quais produtos estarão em alta em 2019?

Produtos que estarão em alta em 2019

Os produtos listados abaixo incluem carros, roupas e eletrônicos (a inspiração para eu escrever sobre os itens foi uma matéria da Revista Exame). Confira!

1. Elétricos como carros e patinetes

Os carros elétricos ainda estão engatinhando no país. O custo ainda é alto, mas está abaixando aos poucos.

Vai demorar ainda, mas o futuro sem dúvidas será elétricos.

Além do carro, é bom ficar de olho em vespas, patinetes (como a da Yellow) e bicicletas.

2. Roupas tecnológicas

Isso até pode assustar um pouco, mas a tecnologia também é vestível.

Nesse grupo, podemos destacar, além de itens óbvios — como os relógios inteligentes —, as calças, meias e afins com receptores e sensores que monitoram questões como a saúde do bebê ou a prática de uma atividade física.

Intrigante, né? Welcome to the future! =)

3. Eletrônicos integrando-se ao ambiente

As TVs estão cada vez mais finas e roteadores de wi-fi, mais discretos. Isso quer dizer que a tecnologia tende a ser cada vez mais “camuflada” no ambiente doméstico. Ou seja, as casas serão cada vez mais conectadas.

As empresas, por sua vez, tem dado seu jeito de facilitar a configuração e a instalação dos aparelhos. Principalmente marcas como a Amazon.

4. Desconexão das redes sociais

Sim, as redes sociais, apesar de aclamadas, estão dando sinais de desgaste. Não é segredo que as redes deixam muitas pessoas tristes e ansiosas. Assim, há muita gente abandonando-as, que seja por um tempo.

Então, produtos como tapetes para yoga ou barracas para camping terão cada vez mais espaço na mente e no coração das pessoas.

E então, gostou de saber sobre as habilidades profissionais e os produtos em alta em 2019? Para quem leva uma vida de (e no) coworking sabe que estar à frente de ideias e mudanças é essencial para prosperar, não é mesmo?

Se você leu até aqui, espero que tenha se inspirado.

Sei que não existe caminho fácil e que a história é construída no dia a dia, de forma incansável.

Seguindo o coração, mas sem se esquecer da razão.

E também sem se esquecer do propósito.

Fazendo a diferença.

Construindo um legado.

Isso faz sentido? Se sim, compartilhe o texto em suas redes! =)


Este é um texto escrito por Renato Ribeiro: nômade digital e especialista em conteúdo de diferenciação. Ele ajuda marcas e pessoas a terem visibilidade e autoridade online. 

Facebook Comments
Previous
7 livros para nômades digitais que você não pode deixar de ler em 2019
Next
4 previsões sobre freelancers e a Gig Economy em 2019

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *