VIDA DE COWORKING

Tudo sobre espaços de trabalho como nova forma de vida

sentio hero
economia durante o mês

7 dicas para ter mais economia durante o mês na empresa

Empresas

Que atire a primeira pedra o empresário que não deseja saber como ter economia durante o mês na empresa! Afinal, as despesas para manter uma organização aberta são muitas e parecem que só aumentam, não é mesmo?

Tendo consciência desse cenário e buscando uma forma de auxiliar você a ser mais econômico, criamos uma lista com 7 dicas que podem ajudar a sua empresa a diminuir os gastos. Está interessado em saber quais são elas? Então é só continuar lendo. Vamos lá?

1. Descubra onde economizar

O primeiro passo para conseguir fazer economia durante o mês é saber onde é possível gastar menos. Parece difícil? Pode até não ser uma das tarefas mais fáceis, mas nada impossível de ser realizado, desde que se tenha dedicação para identificar os gastos desnecessários.

Se você faz um bom controle dos processos e pratica bem o fluxo de caixa, deve ter mapeadas todas as suas receitas e despesas, concorda? Então basta verificar as que são muito elevadas e pensar em alternativas para cortá-las.

economia durante o mês

2. Aposte nos planos de telefonia empresariais

Você tem uma rede de colaboradores que trabalha em diferentes localidades e precisa muito se comunicar entre eles e com clientes? Se for pagar as ligações telefônicas de todos os seus funcionários que utilizam os celulares pessoais no trabalho, por exemplo, o prejuízo pode ser grande!

É por isso que apostar nos planos de telefonia empresariais é a melhor alternativa para quem deseja fazer economia durante o mês. Esses pacotes oferecidos pelas operadoras têm diversas vantagens, como a não cobrança de ligações entre os números de um mesmo grupo.

3. Tenha um plano de internet adequado

Além da telefonia, também é interessante que você tem um plano de internet satisfatório e que funcione não apenas na sede da empresa, mas também em locais de passagem, como no carro, no ônibus, no trem etc.

Isso é essencial para que se possa comunicar por aplicativos de VoiP, como o Skype e o WhatsApp, sem que seja preciso pagar para isso. É uma boa dica, concorda? Muitas vezes vale mais a pena ter um bom plano de internet do que um plano de telefonia com muitos minutos para falar por ligações tradicionais.

4. Utilize softwares de gestão

A tecnologia está aí para servir como aliada dos gestores das empresas. Por conta disso, utilizar um software de gestão é a chave do sucesso para ter tudo organizado e em ordem na sua empresa.

Esses programas têm funções diversas, como o fluxo de caixa, o controle de estoque etc. Todas essas atividades, quando automatizadas, não ficam reféns de possíveis erros humanos, que acontecem com bastante frequência.

Isso evita o retrabalho, que pode ser muito custoso para as empresas! Além do mais, os colaboradores ficarão mais livres para o desenvolvimento de mais atividades estratégicas e menos tarefas operacionais.

5. Economize em energia elétrica

economia durante o mês

O uso incontrolado da energia elétrica é outro vilão para muitas companhias. Por isso, também é recomendado que se busquem meios de diminuir essa despesa. Como fazer isso? Existem diversas maneiras!

Abra bem as janelas e aproveite ao máximo a energia solar nos dias de Sol. Também desenvolva o hábito de apagar as luzes sempre que sair de uma peça e não tiver ninguém no local.

Outra boa prática é não deixar equipamentos em stand-by, os tirando da tomada quando forem desligados. Também evite o uso do ar-condicionado todos os dias! Deixe apenas para quando realmente for muito frio ou muito calor, abrindo as janelas para que a temperatura se mantenha agradável.

6. Tenha cuidados na hora do cafezinho

É na hora do cafezinho que surgem as grandes ideias, concorda? Por isso, cortar o café está fora de cogitação, mas você pode ter sim o cuidado de não usar copos descartáveis. Além de custarem dinheiro para a empresa, eles também são muito prejudiciais para o meio ambiente.

Nossa dica é que todos os colaboradores da empresa levem uma caneca para beber café, chá ou a bebida de sua preferência. A própria empresa pode realizar um investimento e fazer recipientes personalizados para os colaboradores.

A ideia é que se use uma caneca de porcelana, que seja lavada e guardada para uso posterior. Os copinhos plásticos devem continuar sendo comprados apenas para oferecer um cafezinho para os clientes, quando eles visitarem a empresa.

6. Observe o seu regime de tributação

Você sabe se a sua empresa está no Lucro Presumido, no Lucro Real ou no Simples Nacional? Caso a tributação não seja correta, você pode estar pagando mais impostos do que realmente necessita.

É uma boa prática buscar mais informações sobre isso junto ao seu contador e, sempre que possível, migrar para o Simples Nacional, que cobra menos impostos e eles ainda podem ser quitados por meio de uma única guia.

Para quem tem um faturamento inferior a R$ 80 mil, é recomendado ser um Microempreendedor Individual (MEI). Mesmo nessa modalidade é permitido contratar até dois funcionários e pagar apenas uma guia mensal de baixo custo, em vez de altos impostos.

7. Adote o uso de coworkings

BHZ Coworking, em Belo Horizonte/MG

Ter uma sede física pode não ser mais tão vantajoso para uma empresa, principalmente pelo fato de as equipes remotas já serem uma realidade. Não é difícil de encontrar empresas que têm filiais em várias cidades ou colaboradores que atuam em regime home office em diferentes municípios.

Os coworkings são ideais para esse tipo de companhia com estrutura descentralizada. Isso porque não se têm gastos fixos, com energia, telefone, internet, aluguel, entre outras. Tudo é compartilhado entre todos os frequentadores do local! Outra vantagem são as salas privativas, com muitos recursos para reuniões online ou presenciais.

Nos escritórios compartilhados também se economiza com funcionários! Esses locais, em sua maioria, oferecem serviços de secretaria. Há recepcionistas que atendem ligações telefônicas, anotam recados, recebem encomendas, dão informações para clientes etc.

Gostou das nossas dicas para ter mais economia durante o mês na sua empresa? Então coloque tudo em prática o mais breve possível!

E que tal começar conhecendo mais sobre os coworkings? Aprenda mais sobre eles agora mesmo, com um material superinteressante desenvolvido pelo BeerOrCoffee.

Facebook Comments
fazer home office

Pesquisa de Harvard: trabalhar de outros lugares é melhor do que fazer home office

CarreiraCoworking Profissões

Que fazer home office deixou de ser uma tendência e se tornou uma realidade já não existem mais dúvidas. E quem trabalha ou já experimentou o trabalho em casa sabe o quanto ele se torna mais produtivo. Isso acontece, em especial, por causa da maior flexibilidade e qualidade de vida. Mas o que acontece quando você pode trabalhar em qualquer lugar?

Um artigo, publicado em agosto deste ano pelo Harvard Business Review (que teve como base um estudo dos pesquisadores Prithwiraj (Raj) Choudhury, Cirrus Foroughi e Barbara Larson), demonstrou que trabalhar de qualquer lugar do mundo, desde que tenha uma conexão com a internet, é ainda mais produtivo do que fazer home office.

A pesquisa dos especialistas da Harvard Business School foi realizada com colaboradores do Escritório de Patentes e Comércio dos Estados Unidos. É sobre as descobertas feitas por eles que vamos falar nesse post. Então, continue lendo!

Trabalhar de qualquer lugar é mais produtivo do que fazer home office

fazer home office

A pesquisa de Harvard trouxe à tona descobertas interessantes sobre os efeitos de se trabalhar em qualquer lugar. Ela demonstrou que os resultados são ainda melhores do que fazer home office. Por exemplo, os trabalhadores que participaram do estudo tiveram um aumento de 4,4% na sua produtividade depois que mudaram a rotina.

Uma das questões mais relevantes sobre fazer home office está no fato de que o profissional pode se isolar. Assim, acaba perdendo a oportunidade de conviver e trocar experiências com colegas. Trabalhar de qualquer lugar promove exatamente o efeito contrário. Estando próximo de pessoas com funções semelhantes a troca de aprendizados passa a acontecer.

Isso é muito comum em locais de coworking. São espaços que misturam profissionais de diversas empresas, além de pessoas vindas de vários locais do mundo e que desempenham funções variadas.

Empresas e freelancers só têm a ganhar com a descoberta

Os pesquisadores sugeriram que profissionais menos experientes precisam conviver, mesmo que só por algum tempo, com outros colaboradores que já estão na função a mais tempo. Em algumas organizações é possível fazer isso internamente. Porém, há casos em que é mais eficiente colocar esse profissional para ganhar experiência em outros locais.

Além disso, existem outros benefícios em trabalhar de qualquer lugar em vez de fazer home office. Veja alguns deles nos tópicos a seguir:

1. Maior produtividade

Já mencionamos essa vantagem, mas vale a pena reforçar. O aumento dos resultados no trabalho vem do fato de que profissional não se envolve com as questões domésticas. Além disso, pode escolher locais próximos à sua casa, onde não precise, por exemplo, perder tempo no trânsito para chegar.

E por falar em trânsito, se você não está dirigindo, o seu tempo de deslocamento dentro do avião, Uber ou transporte público, por exemplo, também pode ser aproveitado para o trabalho.

fazer home office

2. Mais foco e criatividade

Sair da rotina torna o cérebro mais atento e ativo, pois ele está buscando soluções para situações ainda não vividas. Além disso, se você optar por trabalhar em locais com uma decoração aconchegante e inspiradora, certamente o seu nível foco e criatividade aumentará muito.

Normalmente, os espaços de coworking são planejados exatamente para oferecer toda a inspiração que você precisa. Neste e-book sobre coworking, tem tudo o que você precisa saber sobre como esses locais funcionam.

3. Expansão do repertório cultural

Imagine só viajar o mundo todo, trabalhando cada semana, ou até mesmo dia, em uma cidade diferente? E conhecendo várias coisas novas? Claro que o seu repertório se tornará muito mais amplo do que o das pessoas que só viajam nas férias, por exemplo.

Mas nem sempre é possível viajar o tempo todo. Porém, trabalhando em locais fora de casa você terá mais contato com outras pessoas, que têm ideias e experiências diferentes das suas. Assim, poderão agregar muito ao seu repertório cultural.

4. Flexibilidade de horários

Embora a disciplina seja um fator determinante para o foco e para a produtividade, a flexibilidade de horários e locais amplia a sua capacidade de entregas. 

Por exemplo, aquele trabalho cujo cliente tem urgência. Ele até vai pagar mais por isso, mas você precisa entregar na manhã do dia seguinte. Para o fazer você precisará virar a noite, em casa a sua cama é um convite. A solução: buscar um outro local para trabalhar capaz de espantar o sono.

5. Ampliação do networking

E, claro, o networking não poderia ficar de fora dessa lista de vantagens. Afinal, trabalhando em locais diversificados, você conhecerá pessoas novas, que trarão diversas oportunidades de negócio. Isso sem contar a troca de experiências e conhecimento que esses encontros possibilitam.

fazer home office

Opções para experimentar trabalhar em qualquer lugar

Agora que você viu que até Havard já conhece os benefícios de trabalhar em qualquer lugar, chegou a hora de pensar em alguns locais interessantes para isso. E como já recomendamos em outros pontos do post, os coworkings são excelentes opções.

Eles oferecem vantagens como ter uma sala privada, além de toda a infraestrutura necessária para você trabalhar focado. Além disso, existem diversos espaços de coworking em uma mesma cidade. Como São Paulo, que permite a você variar todos os dias, se quiser.

Claro que você pode experimentar outros locais, como parques, clubes, cafés, praias etc. Porém, não esqueça de prestar atenção em alguns detalhes como a disponibilidade de conexão com a internet, pois o 3G não funciona tão bem quanto uma fibra ótica. E, principalmente, na sua segurança. Afinal, nem sempre é uma boa ideia ficar dando sopa em locais públicos com o seu notebook, certo?

Spaces Coworking Berrini

A pesquisa de Havard demonstrou que fazer home office foi só o começo do futuro do trabalho. Afinal, tanto para empresas quanto para profissionais autônomos, mais liberdade na realização de suas funções é sinônimo de aumento na produtividade, além de melhores resultados qualitativos.

E agora que você já sabe que exitem outras opções para melhorar o seu desempenho e da sua equipe além de fazer home office, que tal marcar um teste gratuito para o seu time em dos mais de 800 espaços de coworking disponíveis em todo o Brasil?

Silvia Seco é publicitária, especializada em gestão de marketing digital e produção de conteúdo. Uma verdadeira apaixonada por criação, design, inovação, tecnologia e histórias bem contadas.

Facebook Comments