escritórios sustentáveis

7 formas de criar escritórios sustentáveis

coworkingFuturo do TrabalhoHospitalidade

Os escritórios sustentáveis são aqueles que adotam práticas ecologicamente corretas. Trocar as lâmpadas incandescentes, reciclar o lixo e ter uma composteira são algumas das recomendações. Veja essas e outras para aprimorar as suas atitudes.

Você se preocupa com o meio ambiente? Acredita que é possível deixar um mundo melhor para as futuras gerações? É provável que sim. Afinal, essa preocupação é uma constante — e cada vez mais pessoas cuidam disso. Por isso, é interessante pensar em formas de criar escritórios sustentáveis.

A iniciativa vem ao encontro de um novo estilo de vida e de vários investimentos realizados por empresas privadas e órgãos públicos. Para ter uma ideia, a sustentabilidade será uma prioridade para 70% das companhias no mundo. Alguns dos motivos para essa decisão são:

  • Melhoria na reputação da marca: 89%;
  • Redução de custos: 89%;
  • Melhoria na captação ou na fidelização de clientes: 86%;
  • Aumento do faturamento: 83%.

Além disso, o Brasil pode atrair até R$ 3,6 trilhões em investimentos sustentáveis nos próximos vinte anos. Os recursos serão usados em áreas como transportes, energia, gestão de resíduos sólidos e saneamento.

Esses dados mostram a importância de você pensar em criar estratégias que visam à sustentabilidade. Até mesmo porque os coworkings atendem um público diverso. Por isso, ter um escritório com ações amigas do meio ambiente é uma forma de atrair clientes.

Dentro desse cenário, o que pode ser feito? Considerando o desenvolvimento de ações ecologicamente corretas, listamos 7 formas de você implementar a sustentabilidade no seu escritório compartilhado. Confira!

escritórios sustentáveis

1. Aproveite a estrutura que já tem

Muita gente acredita que o conceito de sustentabilidade só pode ser aplicado em construções novas, que já são formadas a partir de práticas ecologicamente corretas e são enquadradas como inteligentes. Isso é um mito.

Existem muitos edifícios antigos adaptados e totalmente sustentáveis. Isso porque o que importa, mesmo, é o que está dentro deles. Portanto, sempre siga a regra de que o mais importante é diminuir ou evitar ao máximo o esgotamento dos recursos naturais.

Inclusive, esses são alguns dos detalhes atenciosos que os clientes adoram. Por exemplo, que tal trocar o plástico por vidro e cerâmica? Ainda existem outras ideias, como vamos ver ao longo do artigo.

2. Desligue todos os equipamentos e luzes à noite

Muitos donos de coworking deixam os computadores, as impressoras e outros equipamentos ligados durante a noite, só no stand by. Porém, é mais interessante desligar tudo, até os disjuntores.

Inclusive, você pode criar um “desafio verde” para engajar a equipe. Essa é uma função do community manager, que pode criar várias ideias para tentar manter as práticas sustentáveis.

A mesma dica é válida para as salas de reunião, quando não há ninguém utilizando. Nesse caso, você pode deixar todas as luzes apagadas para evitar gastos desnecessários.

3. Instale lixeiras recicláveis para separar o lixo

As lixeiras são boas opções para mostrar aos clientes que seu coworking está na lista dos escritórios sustentáveis. Deixe tudo separado nas categorias certas, ou seja, vidro, alumínio, papel etc.

Você ainda pode ir além. Por exemplo, existem coworkings na Itália com móveis feitos a partir de materiais recicláveis. Talvez seja inviável fazer isso em um primeiro momento, mas é uma ideia a considerar ao longo do tempo.

4. Crie uma área de compostagem

A produção de lixo orgânico no seu escritório sustentável pode ser reduzida e até eliminada com a criação de uma área de compostagem. Inclusive, você pode saber como tirar as melhores fotos e aproveitar esse local para promover as práticas ecologicamente corretas do seu escritório.

O material resultante do processo pode ser usado como adubo ou doado para hortas e jardins comunitários. Essa é uma forma de trazer retorno à sociedade e mostrar que o seu escritório compartilhado faz bem para todos.

Você pode procurar tutoriais de como montar sua própria composteira ou comprar a estrutura pronta de lojas como a Cobasi ou a Morada da Floresta

5. Escolha produtos de limpeza ecológicos

Já existem vários produtos de limpeza eficientes e sem elementos químicos nocivos ao meio ambiente. Eles são importantes para evitar a contaminação das águas e até do lixo produzido. Por isso, o ideal é escolher aqueles itens que são atóxicos, biodegradáveis e livres de petróleo. Já os panos devem ser de microfibra lavável. Algumas dicas de empresas que vendem produtos de limpeza ecológicos são a Biowash, a Onda Eco e a Positiva.

escritórios sustentáveis

6. Troque as lâmpadas

Se você ainda tiver lâmpadas incandescentes, troque-as por fluorescentes e de LED. As últimas são mais duráveis, iluminam bem o ambiente e ainda gastam menos energia. Esse é um ato simples, mas que faz toda a diferença na hora de criar um escritório sustentável. As lâmpadas velhas devem ser entregues em pontos de coleta específicos para serem recicladas.

7. Adote o design verde

Também chamado de design ecológico, esse conceito abrange práticas para projetar ambientes, desenvolver produtos e executar serviços de modo a diminuir o uso de recursos não renováveis e o impacto ambiental. Essa tendência vem ao encontro das demandas do mercado, a fim de antecipar possíveis imprevistos no coworking, pelo menos no que se refere às questões sustentáveis.

O que isso significa, na prática? Basicamente, consiste no uso de elementos naturais dentro do design do ambiente corporativo. Nesse caso, do coworking. Essa medida vem sendo tão bem aceita que grandes empresas, como Amazon e Facebook, já estão a adotando. Isso é feito por meio da criação de áreas verdes nos quarteirões em que estão localizadas.

Como é possível reproduzir essa ideia para um ambiente muito menor? Colocar plantas variadas, cultivar uma horta e ter uma sala de descompressão ligada de alguma forma à natureza — por exemplo, por meio de um vidro, sendo que o espaço interno tem muitas plantas — são boas alternativas.

O que isso significa na prática? Basicamente, consiste no uso de elementos naturais dentro do design do ambiente corporativo. Este é o caso do coworking. Essa medida vem sendo tão bem aceita que grandes empresas, como Amazon e Facebook, já estão a adotando. Isso é feito por meio da criação de áreas verdes nos quarteirões em que estão localizadas.Como é possível reproduzir essa ideia para um ambiente muito menor? Colocar plantas variadas, cultivar uma horta e ter uma sala de descompressão ligada de alguma forma à natureza — por exemplo, por meio de um vidro, sendo que o espaço interno tem muitas plantas — são boas alternativas.

Mais do que ficar bonito, o local se torna mais aconchegante. Ao mesmo tempo, aumenta a satisfação do seu cliente devido aos vários benefícios oferecidos pelo design verde. Entre eles estão:

  • Aumento da produtividade, que pode chegar a 20% devido à melhoria da concentração;
  • Incentivo ao engajamento com outras pessoas, com a criação de relações mais positivas e baseadas em amizade e comprometimento;
  • Ambiente mais saudável e bonito, com estímulo à criatividade. Isso porque as plantas trazem a noção de espaço aberto; e
  • Melhoria da reputação do seu coworking, que passa a ser conhecido como um escritório sustentável e tende a atrair clientes que optam por esse estilo de vida.

Para complementar, é interessante investir em luz natural, materiais naturais, madeira e o máximo de vegetação que puder. Uma fonte também pode cair bem nesse local para criar uma ambientação mais leve e que ajude a tirar o estresse.

Em resumo, todas essas medidas favorecem a atração e a retenção de clientes, porque deixam o seu coworking mais agradável. Essa é uma maneira de ir além daquelas dicas mais simples, como a de compartilhar dicas de serviços próximos ao seu coworking.

Lembre-se: as facilidades atraem usuários, mas estar na lista dos escritórios sustentáveis é um ponto de diferenciação. Isso se reverte em vantagem competitiva e, como consequência, fidelização de clientes.Que tal se preparar ainda mais? Conheça as principais tendências para coworking em 2022 e adapte o seu espaço àquilo que os clientes precisam e procuram.



Texto escrito por Fabíola Thibes, jornalista e redatora web.
Revisão por Marcelo Madeira, tradutor, revisor e editor freelancer. 

antecipar possíveis imprevistos no coworking

Como antecipar possíveis imprevistos no coworking: reservas do BeerOrCoffee

coworkingHospitalidade

Antecipar possíveis imprevistos no coworking é o mesmo que fazer manutenções, seguir as regras, ter ótima comunicação com os clientes e SEMPRE confirmar as reservas. Nós temos mais dicas no post. Siga em frente!

Alguma vez você ficou sem saber como lidar com os comentários negativos dos seus clientes? Por mais que o objetivo seja fazer tudo para agradar, é bem difícil atingir esse patamar. Mas existem alternativas para evitar situações desagradáveis. Basta antecipar possíveis imprevistos no coworking.

Nem sempre a tarefa é fácil, afinal, alguns desafios surgem ao acaso. Além disso, de que forma saber o que seus usuários querem sempre? É impossível adivinhar tudo, mas algumas situações que parecem imprevistos são bem comuns. E existem práticas e detalhes que todo cliente adora.

Neste artigo, apresentamos algumas dicas úteis para você se antecipar aos possíveis imprevistos do coworking. Confira!

antecipar possíveis imprevistos no coworking

Faça manutenções rotineiras

Vários problemas podem acontecer em um coworking. As possibilidades mais comuns são:

  • Quebra de cadeiras e mesas;
  • Rompimento de tubulações;
  • Vazamentos e infiltrações;
  • Queda de energia elétrica;
  • Mau funcionamento de ventiladores e ares-condicionados;
  • Baixa iluminação natural devido à falta de limpeza das clarabóias.

Essas são situações para as quais você pode se preparar. Nossa primeira dica é que você crie um checklist de manutenção. Faça revisões mensais e esteja aberto para receber o feedback de clientes. 

Além disso, peça à equipe para ficar atenta a situações que exigem correção. Muitas vezes, é possível identificar que uma cadeira vai quebrar e precisa ser substituída antes de um acidente.

Outra ideia é criar uma equipe de apoio. Ou seja, tenha pessoas disponíveis para fazer os ajustes sempre que necessário. Vale a pena ter na agenda o contato de alguns profissionais, como encanadores, eletricistas, marceneiros e faxineiros. Assim, você garante agilidade na solução de eventuais problemas.

Disponibilize as regras do coworking

Todo espaço tem regras! Elas também são importantes no coworking onde as áreas são compartilhadas. Isso evita conflitos entre os usuários do escritório flexível. Portanto, também é uma forma de antecipar possíveis imprevistos no coworking.

Crie uma lista ou um documento simples com todas as regras que precisam ser seguidas. Por exemplo:

  • Horário de funcionamento;
  • Regras das áreas comuns;
  • Boas práticas, como cada um lava a sua louça;
  • Possíveis proibições, como conversas em voz alta — aproveite para indicar se existe um espaço apropriado para isso.

E lembre-se de destacar o que é community manager. Assim, o cliente sabe quem procurar para ter uma boa experiência no coworking.

Indique o que precisa ser feito para entrar no coworking

Muitos escritórios compartilhados registram problemas na entrada dos usuários. Isso ocorre por diversos fatores, como a falta de comprovação de reserva, ou o não cumprimento das regras.

Por isso, deixe claro tudo que é necessário para entrar no ambiente. Em especial, especifique que é necessário fazer a reserva no BeerOrCoffee. Muitas vezes, um nômade digital não sabe que o cadastro na plataforma é indispensável. Outras pessoas podem saber dessa informação, mas esquecer de comprová-la.

De qualquer forma, cabe a você indicar o que deve ser feito. Inclusive, essas informações devem estar na lista de regras. Assim, possíveis imprevistos no coworking serão antecipados.

Tenha empatia para ouvir os feedbacks

Mesmo com o cadastro na plataforma do BeerOrCoffee, os usuários podem trazer um feedback negativo. Isso porque nem todos os coworkings funcionam da mesma forma. Aqui, vale a pena pensar em regras para facilitar a vida dos usuários. Entre elas:

  • Iluminar a área externa para aumentar a segurança de quem entra e sai no período noturno;
  • Solicitar informações antecipadas para evitar imprevistos no coworking;
  • Confirmar a reserva para evitar que o espaço fique desocupado quando a pessoa deixa de comparecer. Assim, você libera o ambiente para outra reserva;
  • Confirmar a área que será ocupada pelo cliente. Por exemplo, se é uma sala de reunião, uma sala privativa, um espaço built to suit;
  • Garantir as regras de higienização. Isso aumenta a segurança do usuário, especialmente no período pós-pandemia.

Não prometa o que não pode cumprir

A regra número 1 da hospitalidade é a sinceridade. O cliente precisa saber o que o espera no coworking. Caso contrário, acabará se decepcionando e, dificilmente, voltará a fazer uma reserva no espaço.

Uma forma de antecipar possíveis imprevistos no coworking é colocar apenas o que é verdade na descrição da plataforma do BeerOrCoffee. Por exemplo, nunca coloque que tem uma sala de reunião, se o espaço não for projetado para isso. Improvisar para contornar a carência de uma sala de reunião pode frustrar o usuário, afinal, esse ambiente requer alguns critérios de qualidade.

A mesma regra vale para as áreas comuns. Tem um espaço de descompressão para as pessoas se desconectarem do trabalho? Ótimo! Mas não iluda ninguém com falsas promessas. A verdade deve reinar em todas as situações, inclusive em relação à estrutura.

antecipar possíveis imprevistos no coworking

Privilegie a comunicação

Comunique-se antes, durante e depois da reserva do BeerOrCoffee com o cliente. Pergunte se ele tem alguma dúvida e colha suas expectativas. Coloque-se à disposição para resolver possíveis problemas. No fim, pergunte o que ele achou da experiência.

Se algum imprevisto ocorrer, verifique a possibilidade de solução imediata. Caso não tenha, informe o que está fazendo para ajudar.

Se o problema for perto do horário da reserva, informe o cliente e pergunte se ele quer adiar a chegada, comparecer outro dia ou o que prefere fazer. Isso, certamente, vai satisfazê-lo.

Conte com o time de Supply do BeerOrCoffee

Manter os clientes satisfeitos exige uma série de cuidados. Para todos eles, você pode contar com o time de Supply do BeerOrCoffee. A equipe está sempre disponível para ajudar com qualquer problema relativo às reservas.

Por exemplo, o cliente jura que reservou, mas não aparece no sistema. Você pode entrar em contato com o time de Supply. Ou então o usuário fez uma reserva regular, mas queria uma sala de reunião. O Supply também pode ajudar.

Em paralelo, você deve pedir para o cliente entrar em contato com o BeerOrCoffe pelo Chatbot. Assim, seu problema será solucionado o mais rápido possível e com o máximo de eficiência.

De toda forma, ficou claro que você tem a chance de antecipar possíveis imprevistos no coworking para aumentar a satisfação do cliente e evitar comentários negativos. Que tal seguir as dicas que preparamos para ter mais reservas no BeerOrCoffee?

Gostou das ideias e quer fazer ainda mais? Aproveite e saiba o que fazer para preparar seu coworking para reserva de DayPass.


Texto escrito por Fabíola Thibes, jornalista e redatora web. Revisado por Nícolas David, Repórter, Jornalista e Revisor.