procrastinação

8 Coworking que tem como sobrenome a colaboração em Porto Alegre

coworking

Economia colaborativa, empreendedorismo e muitas conexões em um só lugar? Os coworkings de Porto Alegre não ficam para trás em relação ao resto do país.

1. Nós Coworking

O Nós Coworking é um espaço colaborativo que incentiva o compartilhamento de experiências e soluções. O Nós é resultado de um projeto que envolve muita gente legal, criativa e interessada em desenvolver ideias e soluções a partir da inteligência coletiva.

Com uma sede fundada em uma antiga fábrica cervejeira dentro de um shopping, em 2011, o coworking não trabalha apenas para reunir empreendedores com o desejo de trabalharem juntos, mas com objetivo de aprenderem, ensinarem e até mesmo se divertirem em um ambiente colaborativo.

O escritório compartilhado nasceu da ideia de unir a economia colaborativa e empreendedorismo em um só lugar. o intuito do lugar é oferecer experiências e vivências únicas para as pessoas e empresas que utilizam o espaço.

2. Fábrica de ideias

O Fábrica de ideias foi o primeiro escritório coletivo de Porto alegre com funcionamento 24 horas e 7 dias por semana. Com um ambiente acolhedor, é um espaço onde recebe negócios com base tecnológica. Ideal para profissionais que já possuem ou estão desenvolvendo sua startup. Lá você vai poder trocar muitas ideias, ouvir experiências e compartilhar frustrações e vitórias!

Com foco no jovem empreendedor, o espaço fica no centro da cidade e oferece um ambiente inspirador, criativo e colaborativo. Com estrutura completa, o profissional ainda pode contar com várias opções de preços e interações no espaço, assim como eventos e cursos.

3. Cuento

O Cuento foi o primeiro coworking do Rio Grande do Sul e, segundo eles, é o lugar adequado para fazer a sua empresa acontecer. Ideal para desenvolvimento de ideias e negócios, o coworking oferece aos seus membros experiências diversas.

Ao lado de muitos profissionais e de diferentes áreas, é possível trocar know-how com frequência. E quer saber mais? Além de fomentar a interação entre os empreendedores, o Cuento oferece assessoria para as estratégias de negócios, além das salas de reuniões, uma biblioteca e um jardim bem convidativo!

4. Farol Coworking

Localizado no bairro Moinhos de Vento, o Farol Coworking tem espaços de trabalho para profissionais autônomos, startups, empresas e freelancers, que valorizam  o crescimento em conjunto.

Com um clima acolhedor, estimulante e dinâmico, o Farol disponibiliza infraestrutura completa e ampla, com diversos espaços para o trabalho compartilhado, para todos os tipos de profissionais. Com mentorias e programação exclusivas, é perfeito para quem está iniciando o seu negócio. Na agenda do lugar estão presentes constantes workshops, cursos e palestras voltadas para o empreendedorismo e compartilhamento de experiências profissionais.

5. Coletivo 202

O Coletivo 202 é uma espécie de clube. O coletivo não tem muitas regras, mas apostam na lei do bom senso. Eles acreditam que os membros também são donos do escritório e que eles devem ter em mente a conduta de compartilhamento. Lavar sua própria xícara de café e controlar o tom de voz em uma chamada, é dever de cada um.

O espaço é um dos primeiros no Brasil sem fins lucrativos, onde todos também são responsáveis pelo fluxo de caixa e tem suas próprias responsabilidades. Com um bom custo-benefício, garantem uma economia de cerca de 70%, em relação aos escritórios convencionais.

6. Espaço 80 Coworking

O Espaço 80 Coworking foi planejado para suprir a demanda no Cidade Baixa, em Porto Alegre. Pensado para profissionais autônomos, o espaço é ocupado por pessoas de diversas áreas e oferece estrutura completa para seus membros. Há espaço para o trabalho diário e também para receber seus clientes.

Com um ambiente descontraído, inspirador e acolhedor, o espaço, além do escritório compartilhado, pode ser como um lugar alternativo para complementar atividades de trabalho de empreendedores, equipes e organizações.

7. Attive

“Um espaço de trabalho e lazer”. É assim que a Attive se define! Com a possibilidade de trabalhar junto com diversos empreendedores e em um ambiente totalmente inovador, o coworking abre espaço para freelancers, startups, autônomos e pequenas empresas.

Com decoração e design pensado para fluir a criatividade, o coworking conta com salas amplas e climatizadas. Salas de reuniões, auditório e espaço para café, são alguns dos espaços internos da Attive. E para os momento de descontração, você pode correr para a sala de pebolim ou para o pátio, que tem a churrasqueira e uma horta!

Ideal para trabalhar, receber seus clientes, e ainda conviver com uma galera disposta a criar um mundo melhor! Vale a pena conhecer!

8. Area 51

A Area 51 é um espaço coworking e pólo criativo cultural desenvolvido pela Perestroika e a Zeppelin Filmes. O nome faz referência à área 51 dos Estados Unidos, considerado um dos territórios mais secretos do mundo. Bem diferente dessa ideia, o escritório se propõe a ser um espaço aberto aos empreendedores e criativos da cidade!

Localizado em um casarão antigo, reúne diversas atividades ligadas à educação, empreendedorismo, entretenimento, comunicação e tecnologia. Abrigam também profissionais das mais diversas áreas, fazendo com que o espaço mantenha o clima inovador e colaborativo. Mais do que isso, a casa conta com várias iniciativas e eventos, que tem como objetivo conectar ainda mais as pessoas e ideias. Legal, não é mesmo?

 

Viu como tem coworking para todos os gostos e estilos por aí? Não achou nenhum que fosse a sua cara ou atendesse a sua necessidade? Pode ficar tranquilo que aqui você vai encontrar! E qualquer coisa, é só falar com a gente, combinado?

Até a próxima! 🙂

Bárbara Santos

Facebook Comments
Previous
[Guest Post] Saiba como organizar eventos em coworking
Next
Como será o futuro do trabalho?

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *