videos-sambatech

[Guest Post] Como usar vídeos na estratégia de marketing ajuda sua empresa a se destacar no mercado

Guest Post

Uma estratégia de marketing sólida é uma das peças mais fundamentais dentro do planejamento para que sua empresa consiga destaque tanto no mercado físico quanto virtual – especialmente para negócios que se encontram na fase inicial.

Principalmente quando pensamos no ambiente web, é importante entender, antes de qualquer coisa, que essa estratégia não deve funcionar de forma invasiva. Nos últimos tempos, essa prática mercadológica vem se otimizando à experiência do cliente, de maneira a prezar por uma comunicação mais humanizada, engajada e atrativa por parte da empresa.

Nesse novo comportamento – onde a marca deseja adquirir valor frente aos clientes, e não apenas empurrar seu produto para eles -, é importante pensar em diferentes formas de abordar os conteúdos apresentados à audiência. E, dentro dessa lógica, seu maior aliado vai ser a produção de vídeos.

Além de cada vez mais populares, os vídeos passam, aos consumidores, grande credibilidade e autoridade – ou seja, é uma ótima forma de começar seu negócio com o pé direito e se sobressair no mercado. Por isso, este artigo vai te mostrar como e onde você pode utilizar projetos audiovisuais na comunicação da sua empresa. Vamos lá?

Crie um plano

Uma coisa é certa: de nada adianta inserir vídeos na sua estratégia de marketing se você não planejar, antes, como e por que inseri-los – sem um planejamento prévio, é muito provável que sua ação não tenha o resultado esperado.

É importante que você estude seu negócio e o público que você quer atingir. Por isso, antes de começar a montar um roteiro e pegar a câmera para gravar, é preciso ter um direcionamento melhor. Você pode se orientar com perguntas como:

  • Quais pontos são mais efetivos dentro do seu planejamento de marketing?
  • Qual o perfil do seu público?
  • Qual a linguagem da sua audiência?

Esses pontos vão ser fundamentais para que você consiga identificar as necessidades do seu negócio e as melhores oportunidades onde você pode encaixar vídeos. Por exemplo, se você detectar uma dificuldade em explicar o que sua empresa faz aos clientes, uma boa estratégia é bolar um vídeo para solucionar esse problema, uma vez que a comunicação, com ele, pode ser mais eficiente e acessível aos ouvintes.

Entenda onde você pode usar vídeos em sua estratégia de marketing

Agora que você já sabe as dores que seu vídeo pode solucionar, é hora de entender onde eles podem se encaixar e serem usados em seu favor.

No site da sua empresa

Existem muitas formas de otimizar o site da sua empresa com o uso de vídeos. Você pode adotar a estratégia audiovisual para conteúdos a respeito da própria instituição e da cultura da empresa, por exemplo. Além disso, também é possível usar vídeos para explicar, de forma mais dinâmica, seus principais serviços e as dores de mercado que eles solucionam.

A importância dessa prática se encontra em dados concretos: 60% das pessoas que visitam uma página clicam em vídeos antes mesmo de ler sobre o que eles se tratam. Ou seja, um conteúdo audiovisual pode fazer com que sua mensagem atinja um número maior de pessoas, que vão passar a ter interesse em saber mais sobre seu negócio e, portanto, vão navegar por mais tempo em suas páginas.

Nas Redes Sociais

Os vídeos estão muito mais propensos a te dar mais visibilidade frente uma audiência, também, nas redes sociais. Isso acontece porque, assim como já pontuamos, o público online está cada vez mais interessado em consumir conteúdo audiovisual do que por meio de textos e imagens, por exemplo.

Além disso, plataformas sociais, como o Facebook, já entenderam essa predileção audiovisual dos usuários e otimizaram seus algoritmos a fim de fazer com que conteúdos em vídeos alcancem um número maior de pessoas.

Quando aliados a uma boa estratégia de call to actions (os famosos CTAs), o uso de vídeos pode ser, inclusive, uma porta de entrada que conecta sua página nas redes sociais ao seu blog ou canal de vídeos, por exemplo. E essa estratégia ainda pode ser fortalecida pelo impulsionamento desse conteúdo com o uso de plataformas de anúncios como o Facebook Ads ou o Twitter Ads.

Em materiais ricos

Também é interessante que você invista em vídeos como uma forma de levar conteúdo mais rico e denso ao seu público. Produzir webinars ou vídeo-aulas, por exemplo, faz com que você reafirme e fortaleça seu vínculo e autoridade de mercado com seu público – além de conseguir aumentar sua base de leads.

Por isso, pense em conteúdos pelos quais sua audiência concordaria em deixar seu contato em troca do acesso ao material.

Na relação com os clientes

Aproveite para usar vídeos para fortificar, também, sua relação mais direta com os clientes. Você pode usá-los em e-mails, como um primeiro contato de oferta de serviços, ou até mesmo como forma de conectar pessoas estratégicas da sua empresa com quem está prestes a fechar negócio e precisa de um impulso, por exemplo – o vídeo se caracteriza como uma maneira mais clara e objetiva de se comunicar com os clientes.

A a relação empresa-consumidor personalizada está cada dia mais valorizada e essa estratégia tem o objetivo exatamente de fazer com que seus clientes se sintam mais próximos de você.

Acompanhe seus resultados

Fazer o mapeamento dos resultados que seus vídeos estão trazendo é extremamente importante e fundamental para o sucesso das suas ações. Essa é a única forma de saber quais testes estão dando o retorno esperado, onde existem furos e os lugares que apresentam novas oportunidades para a inserção de vídeos.

Por isso, fique sempre atento e monitore a recepção que suas produções audiovisuais estão tendo em todos esses meios – assim, você consegue adaptar sua estratégia sempre que preciso.

Investir em vídeos é uma estratégia de peso para o sucesso de empresas nas plataforma digitais. E, agora que você já sabe da sua importância, é fundamental que entenda as ferramentas necessárias para conseguir que seu conteúdo em vídeo realmente converta, não é mesmo?

E foi exatamente para te ajudar a desvendar todo esse método que preparamos o guia Técnicas de conversão em vídeos, com dicas essenciais para garantir que seus vídeos sejam eficazes e capazes de melhorar a performance do seu negócio!

 

Artigo produzido pela equipe de conteúdo da Samba Tech.

Eleita a empresa mais inovadora da América Latina pela Fast Company, a Samba ajuda outras empresas a se comunicarem melhor utilizando vídeos online.

Coworking Campinas

8 coworkings bem equipados em Campinas

coworking

Está em busca de escritórios em Campinas com ótima estrutura e completamente adaptáveis às suas necessidades? Nós queremos ajudar a encontrar um ideial para você!

1. Umb.co 23

O nome umb.co23 é uma abreviação de Umbrela Coworking, que atua como um guarda chuva de empresas. Eles começaram com uma ideia: juntar e compartilhar o que precisavam. E assim, criaram um espaço com ferramentas e possibilidades de interação entre empreendedores, fazendo com que eles fomentem suas ideias e sejam donos dos próprios negócios.

O maior orgulho do espaço é reunir pessoas diferentes, com experiências diversas e que podem trocar e dividir acertos e erros do dia a dia. E tudo isso com um custo bem mais em conta do que um escritório convencional.

Seus sócios e membros afirmam que o grande diferencial do coworking é a comunidade criada dentro do escritório. Lá eles trabalham com mentoria coletiva, ou seja, todos os membros se ajudam e colaboram uns com os outros.

2. Espaço 949

O Espaço 949 só pede um favor aos seus membros: que deixem a manutenção do espaço e chateações com eles. Assim, cada profissional fica livre para fazer desenvolver seus projetos e se empenhar nas suas próprias atividades. Nada mal esse favor, não é mesmo?

Baias avulsas, sala privativa, salas de reunião e sala de treinamento, são alguns dos espaços que o coworking oferece para você desenvolver o seu trabalho. Com planos pessoais e empresariais, o escritório promete se adequar a necessidade de cada profissional. Vale a conhecer melhor o espaço!

3. 2Work

Com ambientes agradáveis, a 2Work foi projetada para incentivar a criatividade dos seus membros. O escritório é ideal para quem tem horários flexíveis ou não se adaptam aos horários comerciais. O lugar funciona 24 horas e de segunda a segunda. Não é ótimo? Eles possuem muitos planos disponíveis, assim facilita que o profissional encontre algum que melhor se adequa ao seu perfil, seja ele um profissional liberal, empreendedor de startup ou que tenha uma empresa.

O coworking possui um em Campinas e outro em São Paulo. Com isso, mesmo você sendo membro do espaço de Campinas, por exemplo, e tiver uma reunião em São Paulo, você tem a possibilidade usar uma sala de reunião de lá ou até mesmo trabalhar em no espaço, sem custo adicional. Ótima opção para quem tem vários clientes espalhados por aí.

4. 4YouCoworking

O quarto coworking listado por nós, não por um acaso, é a 4YouCoworking! Conseguiram perceber o motivo, certo?

Mas como eu ia dizendo, na 4 You Coworking você pode ter total autonomia de horário de trabalho, liberdade no espaço e flexibilidade no uso das salas de reunião. Com uma estrutura equipada e atividades que incentivam o networking, esse escritório te auxilia na ampliação do networking. E além disso, possuem uma equipe interna bem preparada para atender qualquer necessidade que tenha.

5. ÔSHI

Não apenas um espaço compartilhado para trabalhar, o ÔSHI oferece diversas opções para tipos de profissionais diferentes. Os espaços vão desde salas de reuniões à consultórios para atendimento clínico. Deu para perceber o quão diverso pode ser esse lugar, não é mesmo?

Por acreditar no poder nas conexões e que o networking é fundamental para o desenvolvimento de cada profissional que lá trabalha, oferecem um ambiente propício para desenvolvimento de novas ideias e interação entre seus membros.

6. Terracota

Na Terracota você tem a oportunidade de criar redes de contatos e gerar oportunidades constantes. Tudo isso dentro de uma lugar que se comunica e se completa! Com essa missão e um ambiente de trabalho agradável, dá vontade de ir agora mesmo para esse escritório, concorda?

Por ser um ponto de encontro de inovação e empreendedorismo, o espaço reúne empresas de tecnologia e criatividade. Eles estão localizados na Cidade Universitária e ocupam uma área enorme que abriga não só o coworking com seu espaço compartilhado de trabalho, salas de reuniões e salão externo. Mas também uma grande área verde composta por jardins, árvores frutíferas e área de lazer!

7. Bons Ventos

O Bons Ventos é um coworking que oferece espaços e condições de trabalho para os criativos. Com ambientes bem dinâmicos, o lugar atende quem precisa produzir, atender um cliente ou se reunir com a equipe. O escritório criou um clima bem acolhedor para promover a convivência entre os membros. Tudo isso, visando o compartilhamento.

E mais! Você também pode usar o espaço externo, que é um charme, como a sua estação de trabalho. Nesse mesmo local aberto, acontecem alguns eventos e também abriga um estacionamento para a sua bicicleta.

8. Castelo Creative Space

O Castelo Creative Space é o espaço oficial de coworking, startups, empreendedorismo e inovação da Assertiva. Um lugar ideal para freelancers, startups ou empresas que buscam em um ambiente de trabalho um clima descontraído e cheio de inspirações.

Dando total liberdade para o empreendedor e seu estilo de trabalho, o coworking disponibiliza a opção de alugar uma estação de trabalho em um escritório compartilhado ou então alguma sala privativa. Nos dois casos você pode aproveitar toda a infraestrutura do lugar. Uma ótima oportunidade para quem quer desenvolver novos projetos, abrir ou acelerar startups, trocar ideias, fazer networking ou simplesmente ter um espaço adequado para realizar seu trabalho.

 

Viu como tem coworking para todos os gostos e estilos por aí? Não achou nenhum que fosse a sua cara ou atendesse a sua necessidade? Pode ficar tranquilo que aqui você vai encontrar! E qualquer coisa, é só falar com a gente, combinado?

Até a próxima! 🙂

Bárbara Santos